Fiocruz aponta 2ª onda da covid-19 no Rio, Maranhão e Amapá…

fiocruz

Em seu boletim semanal, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) indica o risco de uma segunda onda de covid-19 nos estados do Rio de Janeiro, Maranhão e Amapá.

Nesses estados o primeiro pico de casos da doença foi registrado na primeira quinzena de maio; em junho houve queda constante, mas na segunda quinzena de julho o número de casos voltou a subir.

A subida se verificaria também nas capitais Rio de Janeiro, São Luís e Macapá. O estudo consta no Boletim InfoGripe referente à semana epidemiológica 30 (de 19 a 25/7). O estudo tem como base os dados inseridos no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-gripe) até 28/7.

De acordo com a Fiocruz, o número de novos casos semanais de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no país estabilizou, mas os valores ainda estão em nível considerado muito alto.

Os dados de SRAG estão associados à covid-19, já que, entre as ocorrências com resultado positivo para os vírus respiratórios, 96,7% dos casos e 99,1% dos óbitos aconteceram por conta da covid-19.

Do Rio de Janeiro, Dr. Graccho Alvim alerta caxienses sobre a Covid-19…

Dr. Graccho Alvim, entre outras funções (vide banner abaixo), é hoje um dos diretores da Associação de Hospitais do Estado do Rio de Janeiro… O seminário a que se refere o banner acontecerá dia 14, próxima quinta-feira, e é gratuito… Confira:…

Estada em Caxias

…O pai de Graccho, José Carlos Martins de Melo e Alvim, caxiense, foi gerente das Casas Pernambucanas em Caxias. Nesse período, Graccho estudou no Colégio São José. E hoje é médico no Rio de Janeiro…

No front

…Graccho está no front da guerra contra a Covid-19 naquele estado.

Coronavírus: traficantes proíbem aglomerações na Cidade de Deus…

Traficantes da Cidade de Deus, comunidade da zona oeste do Rio de Janeiro, colocaram uma faixa com determinações a serem cumpridas durante a pandemia do novo coronavírus.

A imagem começou a circular nas redes sociais no último final de semana.

Cidade de Deus, inclusive, já teve um caso de morte em decorrência do vírus.

O letreiro, pendurado em um local conhecido na região como 13, implementa um toque de recolher que deve ser respeitado a partir das 22h: “Atenção moradores: circular nas ruas só em caso de emergência. Covid-19 está matando”, diz o comunicado.

De acordo com o aviso, é proibido aglomerações, como em bares e restaurantes com mesas nas ruas. “Só farmácia, mercado e armazéns (abertos). Comprou, vai para casa”. Os traficantes locais ainda informaram que quem descumprir as medidas de segurança “vai se ver com a diretoria da 13”… Com informações do Metrópoles/Fabiola Testifabiola.testi@metropoles.com

Morre o cantor e compositor Tunai, aos 69 anos…

foto: luiz pederneiras/divulgação

Morreu na manhã deste domingo o cantor e compositor José Antônio de Freitas Mucci, mais conhecido como Tunai, irmão do também cantor e compositor João Bosco.

Segundo informações de uma das filhas do músico, Daniela, ele teria sofrido uma parada cardíaca de madrugada em sua casa no Rio de Janeiro. “O atestado de óbito está registrado às 6h da manhã. A gente ainda está atordoada com o que aconteceu. Muito difícil falar”, declarou em entrevista ao Estado de Minas.

Tunai tinha mais outro filho, André, e nasceu em Ponte Nova, na Zona da Mata. Ele iniciou o curso de Engenharia Civil na cidade de Ouro Preto, onde também estudou João Bosco. Depois de se transferir para Belo Horizonte, onde concluiu seu curso, trabalhou durante um tempo como engenheiro, mas acabou correndo atrás do grande sonho e da sua vocação: a música


Trabalhou com o letrista Sergio Natureza, com quem compôs músicas para vários artistas, como Elis Regina, Simone, Gal Costa, Nana Caymmi, Milton Nascimento, Beto Guedes, Roupa Nova, Fafá de Belém, Elba Ramalho e Sérgio Mendes. Na carreira-solo, tornou-se famoso com o hit Frisson, do disco ‘Em cartaz’ (1984) e que foi tema da novela ‘Suave Veneno’, da TV Globo. Entre suas canções mais conhecidas estão ‘Certas canções’ e ‘As aparências enganam’. CB.

A felicidade de PMJ…

onde mora a felicidade?…

O prefeito interino Paulo Marinho Júnior (PP) já zarpou para São Luís, de novo… Teria ido cedo da manhã…

Mosquitos

quase chegando…

…PMJ tem uma coisa com a ‘Ilha’…  Parece até que só se sente feliz quando avista a Ponte dos Mosquitos… Mais feliz do que quando atravessa o estreito dos Mosquitos só em Brasília, na capital da República…

…Só para se ter uma ideia, dos 13 dias de comando da ‘Viúva’ caxiense, cinco ele passou em São Luís…

…Quem arrisca dizer por quê?!… O que tanto atrai PMJ à ‘Ilha’ maravilhosa???!!!…

Cadeira vaga

saudades de roma…

…Enquanto isso, a cadeira principal do Palácio da Cidade já está devidamente vaga para que Cabeludo a assuma amanhã, já vindo do Rio de Janeiro e trazendo novidades de Roma…

Muita conversa  

…E como vai haver conversa para muitos dias sobre as terras italianas entre os governistas tupiniquins!!!

Cabeludo já aterrissou em plagas cariocas, hoje pela manhã…

cheguei, pessoal!…

Fontes do site no Palácio da Cidade confirmam que o prefeito de férias Fábio Gentil (PRB) já aterrissou no Rio de Janeiro e que Cabeludo só chega em Caxias amanhã…

Negociações

óia eu aqui!…

…Não se sabe o que Cabeludo fará em terras cariocas nessas 24 horas… Talvez um banho de sal grosso em Copacabana, como já adiantado aqui no site, ou mesmo negociações políticas com alguma figura daquelas plagas…

Merchandising pessoal

produto genérico…

…De qualquer forma, quando FG retomar o poder em Caxias ele vai precisar fazer muito mais do que o tradicional merchandising pessoal e populista com que tem tocado sua administração…

Demandas sociais

…A cidade, o município, tem muito mais carências do que o ‘prato’ simplista e genérico governista tem oferecido à sociedade local… E todas essas carências, todas as demandas sociais devem naturalmente centralizar a campanha eleitoral de 2020!!