Para concorrer, PMJ precisa de quitação eleitoral…

O primogênito da família Marinho já teve um entrevero jurídico semelhante em 2016, quando para também concorrer a vice-prefeito a Justiça Eleitoral exigiu dele a quitação integral dos débitos referentes a multas eleitorais, ou ele não seria candidato.

Situação similar

Desta vez, Paulo Marinho Júnior está em idêntica situação, com pendências jurisdicionais, novamente parcelou sua dívida e requereu à Justiça a quitação eleitoral. Situação similar à de 2016.

Entendimento

Logo, a candidatura de PMJ depende, de novo, do entendimento de quem vai julgar a sua petição na Justiça, que, agora, no caso, é a juíza Marcela Lobo, titular da 4ª Zona Eleitoral de Caxias.

Dia 13 acontece a convenção dos partidos governistas…

São 11 os partidos que darão apoio à tentativa de reeleição do prefeito Fábio Gentil e do pré-candidato a vice Paulo Marinho Júnior: PRB, Progressista, PL, PV, Podemos, Patriota, PSDB, Avante, PTC, PMN e DEM.

Oficialização

A convenção será realizada no dia 13, domingo, às 8 horas, no Ginásio de Esportes, quando serão oficializadas as candidaturas de prefeito, vice-prefeito e de vereadores do coletivo político.

PM anuncia ingresso no salseiro político de São João do Sóter…

O ex-prefeito Paulo Marinho já escolheu um lado no salseiro político-partidário de São João do Sóter.

Candidato a prefeito

Como já registrado aqui (reveja), os ex-prefeitos Clodomir Rocha e Luíza Rocha querem lançar o filho Tayron Rocha como candidato a prefeito do município.

O nome e a lavoura

O casal rompeu com a prefeita Josa Silva e diz que Tayron vem de Belo Horizonte (MG) só para salvar o nome e a lavoura da família Rocha.

Comprou a briga

E, pela sua postagem em rede social, PM também comprou essa briga!

Marinho é tachado de ‘Grupo 1%’ pelos próprios colegas…

Nos bastidores políticos caxienses o fogo amigo corre célere contra o grupo Marinho por conta do 1% nas pesquisas. Agora, o clã de ex-governantes está sendo apelidado de ‘Grupo 1%’ pelos próprios colegas governistas.

Gozações

São muitas as gozações com o fato de Paulo Marinho Júnior (PL) só pontuar 1% na pesquisa do Prever.

Queimação

Até agora nem PMJ nem ninguém da família se posicionou a respeito, mas é certo que o clã não deve estar nada satisfeito com essa queimação!

Com irrelevância de PMJ e vantagem nas pesquisas Fábio Gentil pode pedir música no Fantástico…

Nas pesquisas já encomendadas, principalmente as contratadas por governistas, chama a atenção a inexpressiva pontuação do deputado federal Paulo Marinho (PL) nas mesmas.

Irrelevante

Não última da Prever, aliás, PMJ aparece com um irrelevante 1%.

Lugar de vice

O que contradiz, e muito, a árdua luta anterior do prefeito Fábio Gentil (Republicanos) para manter o grupo Marinho no seu arco de aliança e, ainda, destinar ao rebento do clã o disputado lugar de pré-candidato a vice-prefeito na chapa palaciana.

Música no Fantástico

Tudo muito estranho… Mas, a julgar pelas pesquisas, Fábio Gentil já pode inclusive pedir música no Fantástico, pois, até agora, já foram quatro gols!

Fábio Gentil vai apoiar a pré-candidatura ao governo do Maranhão de Josimar Maranhãozinho?…

Tem um detalhe importante que não ficou esclarecido no acordão fechado entre Fábio Gentil (Republicanos) e Josimar de Maranhãozinho (PL) para que Paulo Marinho Júnior (PL) componha de novo a chapa majoritária do primeiro como candidato a vice-prefeito de Caxias. Reveja aqui e aqui.

Pré-candidatura

O detalhe é que Josimar de Maranhãozinho tem trabalhado, por todo o estado, a própria pré-candidatura ao governo do Maranhão em 2022.

Comprometimento

Pois bem, agora uma primeira interrogação: no caso, Fábio Gentil também se comprometeu a apoiar Maranhãozinho para governador, se conseguir se reeleger na Princesa do Sertão?

Abandono na estrada

Segunda interrogação: se tiver havido esse acerto entre Gentil e Maranhãozinho, isso significa que o atual vice-governador Carlos Brandão (Republicanos) será abandonado na estrada pelo correligionário Fábio Gentil na sua também pré-candidatura a governador do Maranhão?

Acordão imposto por Maranhãozinho a Gentil para que PMJ saísse candidato a vice-prefeito será um salto no escuro para os demais aliados locais…

A condição imposta no acordo fechado ontem (reveja aqui) entre o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (comandante do PL no estado), e o prefeito Fábio Gentil (Republicanos) para que o deputado federal interino Paulo Marinho Júnior (PL) saia de novo candidato a vice-prefeito na chapa majoritária governista caxiense é a de que, se reeleito, Gentil passe o governo a PMJ depois de um ano e seis meses de mandato!

O acordão beneficia

O acordão avalizado por Josimar de Maranhãozinho, rente e colado a Fábio Gentil na hora do aceita ou não aceita, decerto que beneficia o mandatário caxiense e o primogênito do grupo Marinho.

Nada irá garantir

No entanto, para os demais aliados do governo isso vai ser um salto no escuro, ou uma aventura no mínimo perigosa, pois nada irá garantir que, após a eventual saída de Fábio Gentil da Prefeitura, para se candidatar a deputado em 2022, ‘Paulinho’ continuará mantendo essa turma no governo local!

Faxineiro

Principalmente levando-se em conta os pendores de PMJ para ‘faxineiro’, como já se viu em curto tempo passado em que o mesmo assumiu a Prefeitura de Caxias MA para Fábio Gentil poder ir à Europa e Estados Unidos!

Fábio Gentil fecha com Josimar de Maranhãozinho a condição de PMJ como candidato a vice-prefeito de Caxias em 2020…

Definida a chapa majoritária governista em Caxias. O prefeito Fábio Gentil (Republicanos) terá de novo a companhia de Paulo Marinho Júnior (PL) como candidato a vice-prefeito.

Pré-candidato a vice

PMJ, que hoje é deputado federal também por conta de acertos com o deputado federal Josimar de Maranhãozinho, chefão do PL no Maranhão, após insinuações de que poderia se lançar candidato a prefeito em carreira solo, enfim, assume a posição de pré-candidato a vice de Gentil, reprisando o palanque governista de 2016 na Princesa do Sertão.