Governo de Timon MA decreta lockdown por quatro dias na cidade…

Timon MA já registra 2.025 casos confirmados de Covid-19 e 64 mortes. O Maranhão é o quinto estado com mais casos da doença no país, e o governo local afirma que está havendo uma visível interiorização da doença. As medidas valerão de 02, 03, 04 a 05 de julho. 


Frear a covid-19

Para tentar frear a expansão da covid-19, Luciano Leitoa assinou o decreto com as medidas mais rígidas na segunda-feira (29/06). Diz o gestor timonense: “Nossa taxa de isolamento social ainda está muito longe do que é recomendado para podermos reabrir comércio e outras atividades. O retorno precisa ser feito com segurança. Neste fim de semana, a Prefeitura de Teresina fechou as principais atividades e a medida deverá acontecer também nesta semana, sendo assim, as medidas entrarão em vigor nas duas cidades. Estamos obedecendo também a uma recomendação do Ministério Público, para que os atos restritivos aconteçam por igual. O esforço precisa ser coletivo, de toda a população”.

Dias 02 e 03 de julho poderão funcionar: 

Mercados, supermercados, hipermercados, congêneres e padarias.

Borracharias, serviços bancários exclusivamente para pagamento de auxílio emergencial e benefícios sociais e autoatendimento, casas lotéricas, oficinas, para serviços de manutenção e conserto de veículo.

Farmácias e drogarias, serviços de saúde, atividades de distribuição e comercialização de combustíveis, biocombustíveis, gás liquefeito de petróleo e demais derivados de petróleo, serviços de delivery, serviços de segurança e vigilância, serviços de transporte de cargas.

Órgãos e profissionais de comunicação, comércio de materiais de construção, ferragens, ferramentas, material elétrico, cimento, tintas, vernizes e materiais para pintura, mármores, granitos e pedras de revestimento, vidros, espelhos e vitrais, madeira e artefatos, materiais hidráulicos, cal, areia, pedra britada, tijolos e telhas.

Dias 04 e 05 de julho

Terão autorização para funcionar apenas farmácias, drogarias e serviços de saúde; serviços de delivery exclusivamente para alimentação; órgãos e profissionais de comunicação.

Fechados

Todos os demais segmentos deverão permanecer fechados.

Troca de comandos e as consequentes mudanças de partido por quem vai disputar a eleição municipal de 2020 na região…

Como antecipado aqui anteriormente (reveja), a pré-candidata a vice-prefeita de São João do Sóter Rosa Bezerra foi se abrigar no PCdoB… Efeito da mudança do controle do PSB regional para as mãos do deputado federal Paulo Marinho Júnior (PL)…

Outra mudança

…Também por conta da mudança do controle do PSL para as mãos da vereadora e pré-candidata a prefeita de Caxias Thais Coutinho, o Professor Arimatéa buscou refúgio no MDB, do pré-candidato a prefeito César Sabá (MDB)…

Por trás

…Por trás das mudanças de partido de Rosa Bezerra e da troca de comando no PSL está o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Caxias Adelmo Soares (PCdoB)…

Pego de surpresa

…Pego de surpresa com a decisão do prefeito Luciano Leitoa (PSB), de Timon, de passar às mãos do adversário PMJ o comando do PSB, Adelmo procurou se mexer rápido em São Luís para amenizar o estrago da perda do partido socialista, que resultou principalmente na diminuição do tempo de propaganda eleitoral em rádios e tevês…

Tempo de rádio

…Com a retirada do comado do PSL das mãos do pré-candidato a prefeito Luiz Carlos Moura, Adelmo Soares e aliados recuperaram pelo menos uma boa parte do tempo de propaganda eleitoral em rádios…

Que fará

…Quanto a Luiz Carlos, não se sabe ainda o que fará o pré-candidato a prefeito para manter seu projeto de chegar à Prefeitura da Princesa do Sertão, já que ficou sem partido.

O estranho jogo político na região leste que envolve os grupos Marinho, Leitoa, Coutinho, Rocha e outros…

Há um estranho jogo político no ar do leste maranhense que envolve os grupos Marinho, Coutinho, Leitoa, Rocha (senador Roberto Rocha) e outros…

PSB

…Paulo Marinho Júnior (PL) assumiu o controle do PSB na região de Caxias, que pertencia à deputada estadual Cleide Coutinho (PDT)… Reveja aqui e aqui..

PSDB

…Por sua vez, o ex-prefeito Paulo Marinho, que era considerado ficha-suja, assumiu o controle do PSDB, juntamente com a primeira-dama de Caxias, Letícia Pinheiro…

Às surdinas

…Há, assim, estranhas coisas acontecendo às surdinas na Princesa do Sertão, em Timon e alhures.

O conformismo de Rafael Leitoa e seu texto cheios de ‘dedos’, no qual atira de vez a toalha no ringue eleitoral timonense…

A ‘desistência’ de Rafael Leitoa à pré-candidatura de prefeito de Timon se deu após uma exclusiva reunião entre ele, o ex-prefeito Chico Leitoa e o filho e atual prefeito Luciano Leitoa, no dia anterior, sábado…

A missiva

…Confira abaixo a longa e cuidadosa missiva de despedida de Rafael Leitoa da disputa timonense:…

A despedida

“A missão que me foi confiada pelo povo do Estado do Maranhão e ampliada pelo Governador Flavio Dino, ao me indicar seu líder na Assembleia Legislativa, me fizeram refletir e tomar a posição de não pleitear, dentro do meu grupo político, a candidatura a prefeito na sucessão municipal de Timon.

Entendo que para alguns, que acompanham meu trabalho de deputado, e que viram através de meu mandato conseguirmos tantas conquistas, como o Colégio Militar, IEMA, implantação do ensino de tempo integral, viaturas, novos policiais , a instalação da FUNAC, Centro da Juventude Francisco Carlos Jansen, bem como as que serão inauguradas em breve, como a nova CEASA, o Parque Ambiental e os novos leitos de UTI do Hospital Alarico Pacheco, enfim, entendo que vejam meu nome como uma candidatura natural.

Mas a política é sobretudo uma tarefa coletiva, que depende da coesão dos grupos, dos sentimentos que unem seus membros às aspirações da sociedade e do sentido de missão que todos devemos ter.

Além disso, vale dizer, com o meu mandato tenho ajudado também a várias outras regiões do Estado, e junto com o prefeito Luciano e sua liderança na presidência do PSB temos visto Timon avançar, apesar da crise que afeta o país.

É justamente essa grande equipe que tem, desde o primeiro dia de governo, trabalhado como prioridade máxima elevar o patamar educacional do município, preparando a nova geração de jovens timonenses para uma vida de oportunidades.

Eu estarei na primeira trincheira de luta pela continuidade desse trabalho e ao mesmo tempo, como sempre tenho dito, irei focar toda a minha atenção na função que assumi na Assembleia, ajudando o governo Flávio Dino e também a todos os municípios maranhenses, em especial aqueles que me ajudaram no nosso projeto de reeleição para a Assembleia.

O prefeito Luciano sabe que pode contar comigo para qualquer batalha e juntos vencermos as eleições de 2020, para que Timon não venha a ter retrocesso, todos nós juntos, como sempre fizemos, iremos com nossa unidade apoiar uma pessoa que irá dar continuidade nos avanços que foram conquistados em nossa cidade.

Quero aqui agradecer profundamente a todos que desejariam me ver disputando a eleição e administrando a nossa cidade, mas nesse momento me encontro despido de qualquer vaidade e movido pela convicção de que devo continuar na Assembleia legislativa ajudando ainda mais a nossa cidade! Que Deus abençoe a todos nós.

Rafael Leitoa”.

O deputado Rafael Leitoa joga a tolha no ringue e declara que está fora do páreo da disputa de Timon…

Sem mais nenhuma chance de reverter a preferência do prefeito Luciano Leitoa (PSB) pela secretária municipal de Educação, Dinar Veloso, o primo e deputado Rafael Leitoa (PDT) avisou na noite de ontem (domingo) que está fora da corrida eleitoral municipal timonense…

Em risco

…Observadores timonenses, porém, avaliam que a escolha de Dinar Veloso por Luciano Leito poria em risco o projeto dos Leitoa de continuar mandando em Timon a partir de 2021…

O adversário

…Hoje, como se sabe, o principal adversário dos Leitoa no município é o pré-candidato a prefeito tenente-coronel Hormann Schnneyder… Confira mais em Ludwig.

Similaridade entre o grupo Leitoa e o grupo Coutinho: a trilha escolhida é a mesma…

O caso de Timon lembra um pouco o do grupo Coutinho em 2016. A tentativa de o grupo Leitoa se manter no poder com membros da própria família se assemelha ao que ocorreu em Caxias…

Corporativismo

escolha familiar

…Em 2012, o grupo Coutinho cedeu ao corporativismo familiar e atropelou os aliados indicando o jovem e inexperiente Léo Coutinho para suceder o prefeito Humberto Coutinho. Léo Coutinho foi eleito, mas a partir daí começou a derrocada de um dos consorciados políticos regionais mais bem arquitetados da história da Princesa do Sertão… Ao fim de 12 anos de mandonismo, o sino quem bateu foram os adversários…

A mesma trilha

a trilha

…E os Leitoa, em Timon, agora, vão pelo mesmo caminho. Difícil dizer se terão sucesso na batalha de 2020, mas os ensinamentos da história não aconselham a trilha que a família está escolhendo!!!