Comerciantes tentam ‘furar a fila’ das medidas de isolamento social em Caxias…

Como esperado, alguns comerciantes em Caxias tentaram ‘furar a fila’ e burlar as medidas de isolamento social nesta segunda-feira, mas a fiscalização agiu rápido e impediu a ação da turma do ‘contralockdown’.

Reação às medidas

Mas esse tipo de reação ainda deverá existir, tanto no centro como em bairros da Princesa do Sertão. Logo, se as fiscalizações não continuarem vai haver mas tentativas de abertura de atividades comerciais não essenciais.

Polícia Militar

A propósito, informações de bastidores dão conta de que a Polícia Militar estaria fazendo corpo mole e deixando a ação de repressão mais dura apenas para os ‘fiscais’ e a Guarda Municipal.

Guarda Municipal

Detalhe: tem muita gente que não se intimida com a Guarda Municipal, e, sim, só com a PM… Vale o alerta.

O grande teste do ‘lockdown’’ em Caxias será amanhã, segunda-feira…

Para muita gente, a quinta e a sexta-feira passadas foram apenas ‘feriados’, dada a antecipação dos respectivos feriados de 1º de agosto e 4 de outubro para os dias 9 e 10 de julho, uma espécie de grande feriadão.

Fechamento

Mas depois disso veio o Decreto nº 185 do poder público, que tem validade até o dia 19 de julho e dispõe sobre a continuidade do fechamento das atividades econômicas não essenciais na Princesa do Sertão.

Grande teste

Pois bem, amanhã será o grande e verdadeiro teste para essa decisão do governo municipal. Uma segunda-feira, para ver se as pessoas vão de fato respeitar o isolamento social.

Ficar de olho

E um desafio também para as autoridades locais, que estão obrigadas a ficar de olho e reprimir as transgressões.

Fábio Gentil volta a ser pressionado para que decrete lockdown na cidade…

A inércia do governo de Caxias ante o avanço da covid-19 e as mais de 50 mortes no município (54 óbitos) reacenderam as pressões internas dos aliados do Palácio da Cidade para que Fábio Gentil (Republicanos) decrete de vez lockdown na cidade.

O hesitante

Hesitante, omisso, desde o início da pandemia, o prefeito ainda não foi capaz de chamar a responsabilidade para si mesmo, apesar de ser ele, de fato, a autoridade com poderes legais para decidir o que fazer e como fazer para frear o descontrole da terrível doença no município.

Zona de conforto

O certo é que, por conta dos empurrões internos, as informações de bastidores apontam para a possibilidade de, enfim, Fábio Gentil sair de sua zona de conforto para assumir o dever que lhe cabe e que nunca assumiu na pandemia e nos desdobramentos fatais da mesma na Princesa do Sertão.

Governo de Timon MA decreta lockdown por quatro dias na cidade…

Timon MA já registra 2.025 casos confirmados de Covid-19 e 64 mortes. O Maranhão é o quinto estado com mais casos da doença no país, e o governo local afirma que está havendo uma visível interiorização da doença. As medidas valerão de 02, 03, 04 a 05 de julho. 


Frear a covid-19

Para tentar frear a expansão da covid-19, Luciano Leitoa assinou o decreto com as medidas mais rígidas na segunda-feira (29/06). Diz o gestor timonense: “Nossa taxa de isolamento social ainda está muito longe do que é recomendado para podermos reabrir comércio e outras atividades. O retorno precisa ser feito com segurança. Neste fim de semana, a Prefeitura de Teresina fechou as principais atividades e a medida deverá acontecer também nesta semana, sendo assim, as medidas entrarão em vigor nas duas cidades. Estamos obedecendo também a uma recomendação do Ministério Público, para que os atos restritivos aconteçam por igual. O esforço precisa ser coletivo, de toda a população”.

Dias 02 e 03 de julho poderão funcionar: 

Mercados, supermercados, hipermercados, congêneres e padarias.

Borracharias, serviços bancários exclusivamente para pagamento de auxílio emergencial e benefícios sociais e autoatendimento, casas lotéricas, oficinas, para serviços de manutenção e conserto de veículo.

Farmácias e drogarias, serviços de saúde, atividades de distribuição e comercialização de combustíveis, biocombustíveis, gás liquefeito de petróleo e demais derivados de petróleo, serviços de delivery, serviços de segurança e vigilância, serviços de transporte de cargas.

Órgãos e profissionais de comunicação, comércio de materiais de construção, ferragens, ferramentas, material elétrico, cimento, tintas, vernizes e materiais para pintura, mármores, granitos e pedras de revestimento, vidros, espelhos e vitrais, madeira e artefatos, materiais hidráulicos, cal, areia, pedra britada, tijolos e telhas.

Dias 04 e 05 de julho

Terão autorização para funcionar apenas farmácias, drogarias e serviços de saúde; serviços de delivery exclusivamente para alimentação; órgãos e profissionais de comunicação.

Fechados

Todos os demais segmentos deverão permanecer fechados.

Lockdown começou a valer hoje na Grande Ilha de São Luís…

Foto: Seturma

Começou a valer, hoje (05/05/20), o lockdown na Grande Ilha de São Luís do Maranhão…

Decisão judicial

…Determinada pelo Judiciário do MA, a decisão foi acatada pelo governador Flávio Dino (PCdoB) e se estenderá por 10 dias, podendo ser prorrogada se a Covid-19 não arrefecer no estado e, principalmente, na capital…

Quatro cidades

…Além de São Luís, as regras valem para as cidades de Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar…

Suspensão

…A decisão inclui a suspensão de quase todas as atividades comerciais e a alteração no tráfego de pessoas e veículos. Quem infringir os decretos está sujeito a advertência e multas.

Justiça determina lockdown em São Luís do Maranhão…

O juiz Douglas de Melo Martins, da Vara de Interesses Difusos, acatou Ação Civil Pública do MPMA que pede lockdown na capital do Maranhão por 10 dias, já a partir do dia 5 de maio, que é quando vence o prazo do decreto do governo do estado que estabelece as atuais regras de isolamento social na Grande Ilha de São Luís…

Cinco dias

…O governo do Maranhão tem cinco dias para recorrer da decisão.

Gravíssima

…A expansão da Covid-19 em São Luís é gravíssima. A capital do estado do Maranhão se tornou a metrópole do Brasil com o maior número de casos de coronovírus na proporcionalidade estatística…

100%

…E a capacidade hospitalar de atendimento aos pacientes infectados com a Covid-19 na Grande Ilha de São Luís já está esgotada, com 100% dos leitos ocupados…

MPMA

…A ACP foi assinada pelos titulares das Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde Maria da Glória Mafra Silva (São Luís), Márcio José Bezerra Cruz (São José de Ribamar), Reinaldo Campos Castro Júnior (Raposa) e Gabriela Brandão da Costa Tavernard (Paço do Lumiar).