Juíza determina retirada da internet do ‘Jornal da Guanaré’ e ‘A Hora do Povo’…

A Juíza Marcela Lobo, da 4.ª Zona Eleitoral de Caxias, determinou a retirada da internet dos programas ‘Jornal da Guanaré’ e ‘A Hora do Povo’, os quais atacam o pré-candidato a prefeito Adelmo Soares (PCdoB) de forma repetida e incisiva sem, no entanto, dar oportunidade de defesa ao político.

Reclamação PCdoB

A magistrada acatou reclamação do Partido Comunista do Brasil contra o Sistema de Comunicação Guanaré Ltda (pertencente à família do prefeito Fábio Gentil – Republicanos, candidato à reeleição), e a empresa Google Brasil Internet Ltda, onde as matérias estão ancoradas no ambiente virtual.

Informações falsas

Na sua decisão, Marcela Lobo realça: “A verificação do vídeo demonstra que assiste razão ao Representante (PCdoB), estando caracterizada nítida propaganda negativa antecipada. Em primeiro lugar, deve-se anotar que é leviano que uma empresa de comunicação, permissionária de serviço público e com capacidade de alcançar milhares de pessoas, difunda deliberadamente informações falsas”.

Fragor

E é porque a guerra eleitoral ainda nem começou direito na Princesa do Sertão… Agora, imagine, então, no fragor da batalha!

Reprise: Escutec novamente na região…

Reprise de pesquisa pelo instituto Escutec já está em andamento na região…  Reprise porque, como se sabe, a juíza Marcela Lobo, da 4ª Zona Eleitoral de Caxias, mandou cancelar a pesquisa anterior da Escutec que foi publicada no domingo passado sobre a disputa eleitoral no município. A juíza considerou o instrumental da pesquisa eivado de subjetividades e determinou que a aferição fosse cancelada.

Subjetividades

Dessa forma, até para que o instituto não caia em contradição estatística, acredita-se que o resultado que está sendo colhido agora pela Escutec deverá ser similar ao já apresentado domingo passado, haja vista que o próprio diretor da empresa, Fernando Júnior, na época, contestou que os argumentos apresentados contra a aferição fossem relevantes para o resultado da mesma. A publicação na nova pesquisa está prevista para o dia 27 próximo.

Reveja

Reveja aqui e aqui as polêmicas judiciais e políticas sobre a aferição anterior da Escutec.

Justiça manda cancelar pesquisa Escutec que seria publicada em Caxias…

A juíza Marcela Lobo, da 4ª Zona Eleitoral de Caxias, mandou cancelar a pesquisa Escutec que seria publicada no próximo domingo sobre a disputa eleitoral no município. A juíza considerou o instrumental da pesquisa eivado de subjetividades e determinou que a aferição fosse cancelada.

Subjetividades

No caso, as subjetividades favoreceriam o prefeito Fábio Gentil, candidato à reeleição, principalmente na modalidade estimulada da aferição de opinião pública local, na qual o nome do prefeito aparecia sempre em primeiro lugar quando o questionário era apresentado aos entrevistados, prejudicando assim os demais concorrentes.

Adequar questionário

Cravou em sua decisão a juíza: “É imperioso, portanto, que a empresa modifique seu instrumental de pesquisa para adequar seu questionário apresentando a lista de candidatos em ordem alfabética em disco de modo a não gerar qualquer influência nos entrevistados”.

Proibição

E prossegue Marcela Lobo: “Nesse sentido, por todos os elementos apresentados, defiro o pedido de tutela de urgência, na forma do artigo 300 e seguintes do CPC para determinar a proibição da realização da pesquisa eleitoral sem que haja a modificação dos questionários aplicados ou a sua divulgação se já houver sido realizada, sob pena de aplicação de multa diária no valor de R$ 1.000,00 (um mil reais). Citem-se os representados para, querendo, apresentar contestação. Intime-se o Representante da presente decisão”.

Há 19 anos no leste maranhense…

túnel do tempo…

15 de novembro de 2000

Recorde tupiniquim

De dez anos para cá, o retorno de Hélio Queiroz eleva para nove a quantidade de prefeitos na Princesa do Sertão. Os dois últimos administradores municipais a cumprirem integralmente o mandato de quatro anos nesse período foram apenas José Ferreira de Castro e Paulo Celso Fonseca Marinho.

Equipe de transição

A equipe de transição da prefeita eleita Márcia Marinho se instala numa sala do Sesi-Senai a partir de amanhã. Dentre os integrantes, o vice-prefeito eleito Zé Miguel, Renato Meneses, Maciel (Microdados) e outros. A ideia inicial era instalar a equipe de transição no próprio Palácio da Cidade, mas o tira-e-bota de prefeito estragou os planos de Márcia.

Abuso

manipulação…

Não é só a campanha eleitoral da cidade de Caxias e de São João do Sóter que é alvo de julgamento pela Justiça Eleitoral. Ontem, o deputado estadual Magno Bacelar e sua mulher, Fernanda Bacelar, prefeita eleita de Aldeias Altas, foram ouvidos pelo juiz Milton Bandeira, da 5ª Zona de Caxias, no Fórum Arthur Almada Lima…

Abuso II

…O candidato derrotado nas urnas, Zé Reis, acusa os dois de abuso de poder econômico. Inconformados com o resultado, seus partidários afirmam ainda que teria havido farta “distribuição de objetos materiais aos eleitores aldeienses e um escandaloso derramamento de dinheiro antes e durante a votação”. Magno e Fernanda rebatem as acusações.