Governistas caxienses dizem que haveria algo de estranho e de nervoso no ambiente palaciano…

Apesar da recente sondação de opinião pública que dá larga vantagem eleitoral ao prefeito Fábio Gentil (Republicanos) na disputa municipal, não são poucos os governistas que dizem nos bastidores que há algo de tenso, estranho e nervoso no ambiente palaciano.

Sinais de nervosismo

Na avaliação dos referidos governistas, feita ao editor da página, o prefeito daria seguidos sinais de nervosismo e preocupação com a futura disputa municipal, embora tentasse disfaçar isso publicamente ou quando em contato com correligionários.

Ambiente das ruas

Os mesmos governistas desconfiados cochicham que o ambiente que eles sentem nas ruas também não seria confortável para a gestão municipal: “Ao contrário. Por onde a gente anda a gente ouve muita reclamação da população. E essa pandemia da covid-19, a gente sabe, está arrebentando com a imagem da administração!”.

Construção de duas escolas ameaça implodir as vigas do Palácio da Cidade em Caxias MA…

O outdoor acima, exposto no povoado Engenho D’ Água, e um outro similar, exposto no bairro São Francisco, área urbana, seria o eixo de muitas discórdias internas na base governista em Caxias MA.

Duas escolas

Claro, como se vê na foto acima, são duas escolas com oito salas, cada uma no valor de R$ 1.325.183, 61, totalizando perto de R$ 2 milhões e 700 mil no conjunto da grana pública destinada a elas.

Série de explosões

Abertamente, vereadores e outros governistas não falam do assunto, pois discutir isso nas ruas ou na internet resultaria numa série de explosões públicas, em cadeia, e também dentro do poder.

Implodir as vigas

Mas embora o quiproquó se restrinja apenas aos bastidores, no intestino palaciano a coisa ferve e o caldeirão está prestes a implodir as vigas do Palácio da Cidade!

O rebate de Sargento Moisés a Magno Magalhães na polêmica sessão da Câmara de Caxias MA de ontem à tarde…

Desde ontem, a polêmica em Caxias MA é a fala do vereador Magno Magalhães, o qual, durante a sessão online da Câmara, diz que o Comitê de Combate e Prevenção à Covid-19 no município é apenas de faz-de-conta… Reveja aqui e aqui

O rebate

…Agora, ouça acima como rebate o líder do Governo no Legislativo, o vereador Sargento Moisés, o seu colega Magno Magalhães….

O imbróglio

…E assim, tirem os leitores suas próprias conclusões a respeito do imbróglio na Casa do Povo caxiense.

Aos poucos começa a ficar definido o cenário da disputa municipal de 2020 em Caxias…

Pelo que já se viu na formação de chapas de candidatos a vereador e a prefeito, agora, soa como blefe a possibilidade de o grupo Marinho romper com o prefeito Fábio Gentil,…

Não vai largar o osso

…A turma de edis do baixo clero que foi para o PL de Paulo Marinho, por exemplo, não vai largar o osso do poder municipal para em um suposto rompimento se posicionar ao lado da família Marinho, que nada tem a lhes oferecer materialmente, diga-se, de forma pragmática…

Terremoto eleitoral

…Eles se mudaram para o PL apenas por conveniência individual, visando sobreviver ao terremoto eleitoral que vem por aí na raia da disputa proporcional, quando se terá uma das mais difíceis eleições para o Parlamento caxiense…

Recados indiretos

…Logo, talvez, o ex-prefeito Paulo Marinho continue a pressionar ‘Cabeludo’ com seus recados nunca muito claros, mas, no final, vai estar todo mundo abraçado e no mesmo barco do projeto de reeleição de Fábio Gentil… Ou seja, dos atuais governistas, ninguém vai pular do barco!

O consorciado governista caxiense também revela alguns medos não confessos através de ações atabalhoadas…

medos não confessos…/ imagem: banksy

Por sua vez, a propósito da postagem anterior (aqui), o consorciado governista também revela alguns medos não confessos através de ações atabalhoadas, como a que houve durante a assinatura da ‘Ordem de Serviço’ da revitalização do prédio do Instituto Histórico e Geográfico de Caxias (IHGC), ontem, quando aconteceu uma ‘invasão’ de palacianos no evento com a intenção de tentar ‘capturar’ os louros do projeto…

Ausência oposicionista

…A ausência quase absoluta de oposição ao governo, no caso, deveria resultar também num comportamento palaciano que indicasse ou expressasse uma tranquilidade político-eleitoral e mesmo uma explícita confiança no objetivo de o prefeito Fábio Gentil se reeleger…

Sem certeza

…No entanto, curioso, esse tipo de nervosismo, caracterizado pela destrambelhada atitude dos situacionistas no IHGC, pegou mal e levou muita gente a deduzir que na verdade ‘Cabeludo’ não teria tanta certeza sobre o amanhã na Princesa do Sertão.