Soares desafia Gentil para um duelo…

Em entrevista hoje à tarde ao programa ‘Questão de Ordem’, do jornalista Marcelo Minard (Guanaré FM), o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Caxias Adelmo Soares (PcdoB) desafiou o prefeito Fábio Gentil (Republicanos) para um duelo verbal.

Pergunta

O desafio surgiu por conta da pergunta do apresentador ao deputado, que indagou se o mesmo toparia confrontar o gestor caxiense num debate.

Resposta

Respondeu AS: “Onde ele quiser. Na hora que ele quiser. Com ou sem sem público. Até se for na Guanaré eu irei”.

Coronavírus está derrubando o governo Fábio Gentil…

O boletim oficial de hoje (reveja aqui) comprova, mais uma vez, que não é a oposição que vem derrubando e desgastando acentuadamente o governo Fábio Gentil (Republicanos), mas sim o coronavírus.

Calcanhar de Aquiles

Governistas têm usado a tática de jogar a responsabilidade pelo desgaste de Gentil para as oposições e não percebem, ou não querem perceber, que o calcanhar de Aquiles da administração é a covid-19…

Exploração do caos

Mesmo porque as oposições caxienses não têm sido sequer eficazes na exploração do caos na saúde municipal.

Dado mole

À exceção de uma ação aqui ou outra acolá, logo esquecida na profusão de notícias difundidas em grupos e redes sociais, as oposições locais têm dado é mole para o inimigo.

O prefeito cozinhou o galo e por isso muitas vidas se perderam…

Fábio Gentil demorou para entender que os segmentos sociais caxienses com maior consciência da realidade da pandemia queriam medidas mais duras de isolamento social e foi cozinhando o galo até onde pôde para agradar a uma pequena parcela que o pressionava a deixar tudo liberado.

Resultado assustador

Daí o resultado assustador de agora, no qual se mantém a média de mais de 30 casos de novos infectados e de três mortes a cada 24 horas, com pequenas variações.

Cumprimento das medidas

Com o caldo já terrivelmente derramado, resta agora torcer para que enfim o governo municipal e demais autoridades locais se empenhem de fato no cumprimento das medidas de isolamento de agora, caso contrário muitas outras vidas se perderão na Princesa do Sertão.

CSL de Caxias diz que já havia considerado a licitação suspensa pelo TCE como ‘deserta’…

O governo municipal informou agora há pouco que a CSL de Caxias já havia considerado a licitação a que se refere o TCE na postagem anterior (reveja) como ‘deserta’, por não terem comparecido interessados no certame.

Confira print abaixo:

Licitação

Ou seja, a licitação não existiria mais.

TCE suspende processo licitatório em Caxias…

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-MA) aprovou, na sessão do Pleno desta quarta-feira (08/07), medida cautelar suspendendo o andamento de tomada de preços no município de Caxias (MA) visando à contratação de empresa especializada na prestação de serviços de consultoria técnica em Controle Interno. A decisão atende a denúncia enviada por e-mail à Ouvidoria do TCE.

A Medida Cautelar, que teve como relator o conselheiro Edmar Cutrim, determina ao município de Caxias, por meio da Comissão Setorial de Licitação-CSL do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Caxias-MA (Caxias-Prev), que suspenda imediatamente o andamento da Tomada de Preços nº 002/2020, ou, se já concluída, que suspenda quaisquer atos decorrentes dela, inclusive contrato e pagamentos, até o julgamento do mérito do processo.

A medida determina também a citação do prefeito de Caxias, Fábio José Gentil Pereira Rosa, assim como do presidente da CSL do Caxias-Prev, José Hamilton Lima Santos, para que eles se pronunciem acerca da denúncia no prazo de até 15 dias, inclusive com o envio de cópia integral do processo administrativo que precedeu a abertura da licitação.

Pelo edital inserido no Sacop (Acompanhamento Eletrônico de Contratação Pública), pôde ser constatada que a data de abertura da Tomada de Preços estava marcada para 23 de abril de 2020, levando a crer que a licitação denunciada já foi encerrada. Por conta dessa possibilidade é que a cautelar determina ainda a suspensão dos atos administrativos decorrentes da licitação, inclusive eventual contrato e quaisquer pagamentos advindos dessa contratação, até que o Tribunal de Contas decida sobre o mérito da denúncia… Com informações do TCE/MA.

Arroubo discursivo de Fábio Gentil tem feito estrago no município em época de pandemia…

Ontem, por exemplo, em entrevista à TV Mirante, o prefeito de Caxias MA, Fábio Gentil (Republicanos), pintou e bordou um quadro de absoluto ‘lockdown’ na cidade para amanhã e depois, quinta e sexta-feira.

Abastecer as despensas

O resultado é que hoje as pessoas correram para os supermercados atrás de abastecer suas despensas, como se vê acima no Mateus.

Nada disso

Mas a verdade é que nada disso consta nos decretos assinados pelo prefeito. Ao contrário, no último decreto, principalmente, se realça a essencialidade dos supermercados e os mesmos vão abrir amanhã, como se pode conferir na nota do Bonfim abaixo.

A favor da covid-19

Ou seja, de tanto querer aparecer, Fábio Gentil terminou atuando a favor da covid-19 e prejudicando a saúde da população caxiense, pois foi sua fala que produziu essa enorme aglomeração de hoje.

Prefeito recua de novo e não edita normas mais duras de isolamento social em Caxias…

Surpresa: a história de que o prefeito Fábio Gentil iria decretar medidas mais duras de isolamento social em Caxias a partir de hoje não aconteceu.

Ninguém entendeu

Na verdade, ninguém entendeu mais nada, pois o que acabou sendo decretado foi apenas a antecipação dos feriados do dia 1º e do dia 4 de agosto para a quinta e sexta-feira próximas… E olha que houve até uma sessão na Câmara para tratar disso na segunda-feira.

Quatro dias

Resumo: incluindo aí o sábado e o domingo próximos, o decreto baixado por Fábio Gentil passaria a ideia de que o governo fechou a cidade por quatro dias!

Ainda virá

Mas a informação é que outro decreto ainda virá… Vamos aguardar sentados.

Conjuntos de partidos de Fábio Gentil e Adelmo Soares…

Vale uma reflexão, em particular, sobre o conjunto partidário do entorno dos pré-candidatos a prefeito Fábio Gentil (Republicanos) e Adelmo Soares (PCdoB) porque, aparentemente, seriam esses dois personagens que já fecharam seus palanques políticos para 2020.

Seis

Hoje, a situação é a seguinte: Fábio Gentil conta, óbvio, com o próprio Republicanos, PL, PP, Podemos, PV e DEM. Seis siglas partidárias.

Sete

Já Adelmo Soares conta, óbvio, com o próprio PCdoB, PDT, Cidadania, Solidariedade, Pros, PSL e PT (a resolução nacional diz tudo, como publicado aqui e aqui ontem). Sete siglas partidárias.

Em negociação

Os demais cinco pré-candidatos a prefeito ainda negociam mais parcerias partidárias e é prudente, portanto, aguardar o fim das suas articulações. São eles: César Sabá (MDB), Júnior Martins (PSC), Tino Castro, Luiz Carlos Moura (PMB) e Arnaldo Rodrigues (PSOL).

Fábio Gentil volta a ser pressionado para que decrete lockdown na cidade…

A inércia do governo de Caxias ante o avanço da covid-19 e as mais de 50 mortes no município (54 óbitos) reacenderam as pressões internas dos aliados do Palácio da Cidade para que Fábio Gentil (Republicanos) decrete de vez lockdown na cidade.

O hesitante

Hesitante, omisso, desde o início da pandemia, o prefeito ainda não foi capaz de chamar a responsabilidade para si mesmo, apesar de ser ele, de fato, a autoridade com poderes legais para decidir o que fazer e como fazer para frear o descontrole da terrível doença no município.

Zona de conforto

O certo é que, por conta dos empurrões internos, as informações de bastidores apontam para a possibilidade de, enfim, Fábio Gentil sair de sua zona de conforto para assumir o dever que lhe cabe e que nunca assumiu na pandemia e nos desdobramentos fatais da mesma na Princesa do Sertão.