Caxias registra mais uma morte: agora são 4.604 infectados e 111 óbitos…

No boletim de agora há pouco (28/9), Caxias MA registra 4.604 infectados e 111 óbitos por covid-19 na região. Foram mais 16 novos casos e uma morte em 24 horas.

Recuperadas

De acordo ainda com o boletim oficial, o número de pessoas que se recuperaram chega a 4.142.

Por que é tão difícil o governo ser transparente na pandemia?…

No boletim de ontem (26/9), Caxias MA registrou 4.566 infectados e 110 óbitos por covid-19 na região… Mais uma morte contabilizada no município pelo coronavírus.

Recuperadas

De acordo ainda com o boletim oficial, o número de pessoas que se recuperaram chega a 4.120… Ultimamente, o boletim sai dia sim, dia não.

Boletim

Daí que continua chamando a atenção as reiteradas vezes nas quais a Secretaria Municipal de Saúde de Caxias tem deixado de publicar o boletim oficial do governo nos últimos dias.

Desconfiança

O que aumenta a desconfiança em relação ao que expressa esse mesmo boletim nas vezes em que volta a ser publicado.

Por quê?

Por isso se explica uma constante pergunta que se faz na Princesa do Sertão maranhense: “Por que é tão difícil para o governo Fábio Gentil ser minimamente transparente quando o assunto é a pandemia?”

Estudo aponta que dengue pode fornecer imunidade contra a covid-19…

Phil Noble/Reuters

A exposição à dengue pode fornecer algum nível de imunidade contra a covid-19, de acordo com um estudo liderado por Miguel Nicolelis, cientista brasileiro e professor da Duke Univerdity, nos Estados Unidos.

A pesquisa, publicada na plataforma medRxiv, ainda sem revisão por pares, comparou a distribuição geográfica dos casos de covid-19 com a disseminação da dengue em 2019 e 2020 no Brasil.

Surtos de dengue

Locais com taxas mais baixas de infecção por coronavírus e crescimento mais lento de casos foram os mesmos que sofreram intensos surtos de dengue neste ano ou no último, descobriu Nicolelis.

“Esta descoberta surpreendente levanta a possibilidade intrigante de uma reatividade imunológica cruzada entre os sorotipos de Flavivirus da dengue e o SARS-CoV-2”, afirma o estudo, referindo-se aos anticorpos do vírus da dengue e ao novo coronavírus.

“Se comprovada como correta, essa hipótese pode significar que a infecção por dengue ou a imunização com uma vacina eficaz e segura contra a dengue poderia produzir algum nível de proteção imunológica” contra o coronavírus.

Estudos anteriores

De acordo com Nicolelis, os resultados são particularmente interessantes porque estudos anteriores mostraram que pessoas com anticorpos da dengue no sangue podem apresentar resultados falsamente positivos para anticorpos de covid-19, mesmo que nunca tenham sido infectadas pelo coronavírus.

“Isso indica que há uma interação imunológica entre dois vírus que ninguém poderia esperar, porque os dois vírus são de famílias completamente diferentes”, disse Nicolelis, acrescentando que mais estudos são necessários para comprovar a conexão.

Ele destaca uma correlação significativa entre menor incidência, mortalidade e taxa de crescimento de covid-19 em populações no Brasil onde os níveis de anticorpos para dengue eram mais elevados.

Terceiro lugar

O Brasil tem o terceiro maior número de infecções por coronavírus no mundo, com mais de 4,4 milhões de casos – atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia.

Em estados como Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, com alta incidência de dengue no ano passado e no início deste ano, o coronavírus demorou muito mais para atingir um nível de alta transmissão na comunidade em comparação com estados como Amapá, Maranhão e Pará, que tiveram menos casos de dengue.

Relação semelhante

Os pesquisadores também encontraram uma relação semelhante entre surtos de dengue e uma propagação mais lenta do vírus em outras partes da América Latina, na Ásia e nas ilhas dos oceanos Pacífico e Índico.

Nicolelis contou que sua equipe se deparou com essa descoberta por acidente, durante um estudo sobre a disseminação do coronavírus no Brasil, no qual constatou que as rodovias tiveram um papel importante na distribuição dos casos pelo país.

Possíveis explicações

Depois de identificar alguns pontos sem casos no mapa, a equipe foi em busca de possíveis explicações. Um grande avanço ocorreu ao comparar a disseminação da dengue com a do coronavírus. “Foi um choque. Foi um acidente total”, disse Nicolelis.

“Na ciência, isso acontece, você está atirando em uma coisa e acerta um alvo que nunca imaginou que acertaria.”… Com edição, matéria Reuters/R7.

As novas mortes revelam que a covid-19 continua onipresente no município…

O aumento no número de infectados e mortes por covid-19 em Caxias MA não deixa dúvida sobre a onipresença do vírus no município.

Falsa impressão

Após a falsa impressão de que estaria havendo uma estabilização nos casos e nos óbitos, eis que o boletim oficial de hoje traz a notícia de mais três mortes pela doença em 24 horas.

As normas

Pior, as aglomerações políticas só tendem a aumentar daqui para frente. À exceção de apenas um ou dois partidos, todos os demais esqueceram as normas de isolamento social em suas convenções, numa clara demonstração de que não estão nem aí para esse vírus avassalador.

Mais 3 mortes por covid-19 em Caxias: agora são 109 óbitos…

No boletim de hoje (18/9), Caxias MA registra 4.463 infectados e 109 óbitos por covid-19 na região.

Mortes e infectados

Após uma relativa estabilização, o número de mortes volta a subir no município. Agora foram mais 3 vítimas do novo coronavírus em 24 horas… E a quantidade de infectados também tem crescido gradativamente.

Recuperadas

De acordo ainda com o boletim oficial, o número de pessoas que se recuperaram chega a 4.022