Ação dos professores do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)…

Prezado Jotônio Vianna,

Ao passo que agradeço a divulgação da ação realizada pelos professores do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) em seu blog, lamento a conotação política vinculada à matéria.

Me sinto no dever de responder à publicação porque não me consta que houve falta de equipamentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caxias, tampouco me foi solicitado algo por parte dos profissionais de saúde do município.

Ocorre que estes protetores faciais não dispensam o uso dos demais Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e não são equipamentos obrigatórios nas unidades de saúde. Somente agora o seu uso está sendo adotado por equipes hospitalares ao redor do globo em decorrência do alto nível de contágio da COVID-19.

Destaco ainda que a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI) organizou um grupo de voluntários para suprimir a demanda por protetores faciais nas diversas regiões do Maranhão, a exemplo do que já ocorre nos demais estados brasileiros.

Nesse sentido, reforço que são iniciativas espontâneas e apolíticas visando auxiliar os profissionais que estão na linha de frente arriscando suas vidas no combate a esta terrível pandemia.

Atenciosamente

Luís Fernando Maia

Nota do editor da página: na postagem não há nenhuma vinculação política entre a ação dos professores e o poder público municipal. Nem a favor nem contra. O que se reforça ali, e apenas no título da matéria, é a discrepância entre o discurso oficial e a realidade na UPA/Caxias, esta sim expressa nas próprias atitudes dos professores, os quais se doam os materiais aos profissionais da saúde é porque de fato a eles faltam EPIs, como já reclamavam médicos e enfermeiros daquela unidade (Reveja a postagem aqui)… Não há, portanto, porque os professores do IFMA e do Cesc/Uema ficarem tão preocupados e melindrados com a repercussão da postagem que, aliás, só realçou a iniciativa deles.

3ª rodada de seminários em defesa de um Novo Fundeb…

O Fórum Estadual de Educação do Maranhão (FEE-MA), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realizou na terça-feira (18), no auditório do Cesc-Uema em Caxias, o ‘Seminário o Novo Fundeb e seus impactos, em defesa da qualidade da educação e valorização de seus profissionais’.

Claudinei Rodrigues, supervisor de Participação Social da Seduc, representou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão. A coordenadora do Fórum, Antônia Benedita, destacou a importância da participação da comunidade nos encontros.

O Fundeb é uma política de financiamento estratégica para o Brasil e sua vigência termina este ano. O secretário de Assuntos Educacionais da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Gilmar Soares Ferreira, declarou que os estados do Nordeste terão um grande prejuízo se o financiamento para a educação não for aprovado com urgência.

O seminário contou também com as presenças de Marciana Bezerra, gestora Regional URE Caxias; vereadora e pré-candidata a vice-prefeita Thais Coutinho (PSB); Arnaldo Rodrigues, professor e pré-candidato a prefeito (PSOL); José de Arimatéa, professor e pré-candidato a vice prefeito (PSL); Carla Simone Silva, representante de pais; Luan Cavalcante, representante de estudantes; Rosanilde Araújo, secretária Municipal de Educação de São João do Sóter; Lenita Araújo, vice-presidente da ADEVIC (Associação dos Deficientes Visuais de Caxias); e Deusimar Serra, diretora UEMA polo Codó, dentre outros participantes.

Desabou parte do teto do Cesc/Uema…

cesc/uema…

Por volta das 15 horas de hoje… E no momento do acontecido havia um funcionário de uma empresa terceirizada fazendo retelhamento, quando a estrutura veio abaixo…

Sem riscos

…Mas, segundo avaliações iniciais de seu quadro clínico, ele não sofreu ferimentos graves e já está fora de riscos…

Equipe de engenheiros

cesc/uema 2…

…O redator do site também soube que uma equipe de engenheiros da Uema virá a Caxias, amanhã, para avaliar a situação… Confira mais fotos abaixo:…

Professora do Cesc/Uema faz estágio nos EUA…

valéria cristina…

A professora dra. Valéria Cristina Soares Pinheiro, do Departamento de Química e Biologia do CESC/UEMA, está na cidade de Baltimore, Estado de Maryland, Estados Unidos, realizando um estágio internacional. A instituição é a Johns Hopkins University, no Instituto de Pesquisas em Malária, no Laboratório de Microbiologia e Imunologia, chefiado pelo Professor Marcelo Jacobs-Lorena, PhD…

Pesquisador

…O professor Marcelo é pesquisador com referência nos estudos sobre malária e genética dos mosquitos vetores para o controle dessa parasitose, que é uma das maiores causas de mortes no mundo… Com informações da Ascom/UEMA/Emanuel Pereira.