Luiz Carlos Moura admitiu que agora será apenas candidato a vereador, e não mais a prefeito de Caxias…

O advogado Luiz Carlos Moura admitiu que, agora, será apenas candidato a vereador, e não mais a prefeito…

Marcas profundas

…A abrupta retirada do PSL de suas mãos para as mãos da vereadora e pré-candidata a vice-prefeita Thais Coutinho deixaram marcas profundas em Moura…

Informes

…Marcas, por sinal, inescondíveis no seu semblante e nos seus últimos relatos e informes.

Corram, los hermanos da política, antes que toque o sino de despedida da janela partidária!…

Decerto, portanto, los hermanos da política, é que o ranger das dobradiças da janela já começam a soar. Assim, caiam em campo antes que a brecha partidária se feche completamente…

Maria-preá

…Pois depois disso, adeus ‘maria-preá’, e só lá para 2024 se abrirá uma nova chance para os que sonham em entrar na disputa eleitoral e participar do poder municipal caxiense…

Ainda dá tempo

…Mas, como consolo, se correr ainda dá tempo de se filiar e registrar candidaturas antes de ouvir o badalo do sino de despedida da fresta partidária!

Chapas majoritárias sem pré-candidatos a vice-prefeito ou vice-prefeita em Caxias…

A esta altura do campeonato, ainda continuam sem pré-candidatos a vice-prefeito nas suas chapas os pré-candidatos a prefeito Júnior Martins, Arnaldo Rodrigues e Luiz Carlos Moura…

Sem vice

…E o próprio prefeito Fábio Gentil, pois ainda há dúvida se Paulo Marinho Júnior irá mesmo se candidatar a vice-prefeito novamente…

Caso atípico

…O caso de Luiz Carlos Moura é atípico porque ele teve de se filiar ao PSDB às pressas, depois que perdeu o PSL para a pré-candidata a vice-prefeita Thais Coutinho…

Garantia

…Assim, diz-se que Luiz Carlos Moura filiou-se ao PSDB com a garantia de que a vaga de candidato a prefeito do partido seria dele…

Chapas completas

…Dessa maneira, pela ordem, com chapas completas, apenas os pré-candidatos a prefeito Adelmo Soares, Tino Castro e César Sabá.

O tempo urge senhores e senhoras pré-candidatos… A janela partidária fecha amanhã…

A Resolução TSE nº 23.606/2019 fixa até o dia 4 de abril como data-limite para que os candidatos estejam com a filiação aprovada pelo partido e tenham domicílio eleitoral na circunscrição em que desejam concorrer ao pleito.

Na prática

…Mas na prática da lida partidária, o prazo para troca de legenda encerra-se no dia 3 de abril, amanhã, seis meses antes da realização do primeiro turno do pleito, marcado para 4 de outubro. Daí o porquê da correria dos pré-candidatos a prefeito e a vereador durante toda esta semana…

Abrigo

…Assim, os pré-candidatos que ainda não encontraram abrigo precisam se apressar mais ainda, pois o tempo urge!

Oficializada a chapa majoritária do MDB em Caxias com César Sabá e Pedro Barros…

Ambos do ramo empresarial, César Sabá e Pedro Barros têm agora a missão de tentar bater nas urnas as forças políticas tradicionais e os concorrentes emergentes representados nas figuras do prefeito Fábio Gentil, deputado Adelmo Soares, ex-vice-prefeito Júnior Martins, Tino Castro, Arnaldo Rodrigues e Luiz Carlos Moura…

Estrutura e apoio

…O que não será um desafio fácil, pois principalmente Fábio Gentil e Adelmo Soares têm uma estrutura expressiva e vêm calcados no apoio de diversos outros agentes políticos e sociais intermediários da região…

Ir à luta

…Mas o que parece uma barreira momentânea, no caso, isso poderia até facilitar a movimentação de César e Pedro no complexo político caxiense… Agora é ir à luta.

Último boletim sobre a covid-19 no Maranhão…

Nenhum caso positivo até agora confirmado em Caxias…

Lentidão

…Há uma lentidão enorme na divulgação dos resultados dos casos suspeitos em Caxias devido à incapacidade do sistema em atender à demanda… Até o último boletim em relação a Caxias eram 24 casos suspeitos e dois já descartados…

Testes

…Mas isso deverá mudar com a chegada de 14 mil quites de testes rápidos no Maranhão em breve.

Paulo Marinho é o ilusionista da hora em Caxias? Ele estaria blefando com a história da candidatura a vereador?…

O ex-prefeito Paulo Marinho vem sendo muito criticado pelos adversários e desafetos regionais por estar, segundo eles, enganando aspirantes a pré-candidatos a vereador em Caxias com a história de que ele próprio, Paulo Marinho, também iria concorrer à Câmara local e, dessa maneira, com o seu capital de votos, poderia ajudar a eleger pelo menos mais uns outros cinco vereadores…

Impediriam a candidatura

…Os críticos de PM dizem que isso seria falácia do ex-prefeito. E justificam que PM, de fato, conseguiu reaver seu título de eleitor e que assim pôde assumir a presidência do PSDB local, mas essa condição não significa que ele “poderá se candidatar a vereador, pois continua com vários outros problemas jurídicos” que impediriam automaticamente o registro de uma eventual candidatura dele na Justiça Eleitoral. Prossegue o crítico: “Paulo Marinho agora pode votar, mas não pode ser votado. São duas condições diferentes para a Justiça Eleitoral”…

Iludindo

…Outro crítico do ex-prefeito também acrescenta: “Paulo Marinho é um ilusionista, ele está iludindo as pessoas com a história da sua candidatura. É só conversa. O que ele quer é que esses pré-candidatos se filiem ao PSDB para ele fortalecer a sigla na região e daí tirar proveito, naturalmente… E o pior é que já tem gente caindo no papo dele”.

Resposta de Luiz Carlos Moura à ‘traição’ do presidente estadual do PSL, vereador Chico Carvalho, que lhe tirou o partido e o entregou a Thais Coutinho…

“Obrigado Chico Carvalho, sua decisão foi no mínimo covarde e traiçoeira.  Ficou a lição, principalmente a um homem de bem que apenas queria disputar uma eleição municipal majoritária para melhorar a qualidade de vida do meu povo querido caxiense.  Sua decisão frustrou a todos, principalmente por ser dois dias antes da data de filiação e também por achar que você era meu amigo de verdade. Valeu, muito obrigado e sorte. Apenas nunca esqueça que o mundo dá muita volta e, às vezes, o perdedor de hoje é o vencedor de amanhã”.

Ex-vereador retorna ao velho PDT, partido pelo qual iniciou a militância política em Caxias…

O advogado e ex-vereador Augusto Neto voltou a se filiar ao PDT, sigla pela qual iniciou a militância política em Caxias e, depois, acabou enveredando por outras trilhas partidárias na região…

Relato

…Em contato com o editor da página, ontem, Augusto Neto relatou o seguinte: “Assinei ontem ficha de filiação ao PDT. Depois de 10 anos afastado do partido que ajudei a fundar em Caxias, juntamente com o saudoso Jadiel Carvalho, Renato Meneses, Prof. Cardoso, José Maria (Correios) e outros companheiros, retorno ao Partido do saudoso Brizola, Jackson Lago, Neiva Moreira e, por último, Humberto Coutinho”…

Avaliando

…Indagado sobre as razões do retorno ao PDT, Augusto Neto disse que ainda está avaliando a possibilidade de tentar concorrer novamente ao Legislativo da Princesa do Sertão.

A luta dos vereadores governistas para não ‘morrerem’ afogando-se uns aos outros…

imagem ilustrativa

Neto do Sindicato protocolou sua desfiliação do PCdoB e deve se filiar no PT, como já foi no passado…

Problema interno

…Agora, parece que o vereador Neto do Sindicato terá um problema no PT, pois ali a ideia predominante nas ‘correntes’ internas é a de também não aceitar gente com mandato na Câmara Municipal, pois há os outros que também aspiram chegar à Casa do Povo caxiense e estes não querem sofrer a concorrência de quem já vem principalmente com o carimbo do poder municipal…

Gente infectada

…O certo é que todos os vereadores governistas vêm sendo tratados como uma espécie de gente infectada, dos quais ninguém quer se aproximar…

‘Morrerem’ afogando-se

…Como no caso da maioria dos outros colegas situacionistas de Neto do Sindicato, que estão sendo obrigados a se filiar no chamado ‘partidão’ de Fábio Gentil, o Republicanos, porque não há partido que os queiram e, assim, correm o sério risco de ‘morrerem’ afogando-se uns aos outros na luta para continuar com mandato em 2021…

Situação complicada

…Em que situação complicada deixou ‘Cabeludo’ sua rapaziada da Casa do Povo, hein?!…

A pergunta

…Mas falta uma pergunta pertinente: “Terá sido mesmo por puro desleixo ou foi de caso pensado que Fábio Gentil fez isso com seus parceiros de Câmara?!”.