Sob pressão, governo libera demais setores da economia…

Apesar do aumento considerável no número de casos, foram mais 45 infectados em menos de 24 horas em Caxias, o prefeito Fábio Gentil (Republicanos) prossegue na sua política de relaxamento no isolamento social e na aposta da ‘imunidade de rebanho’.

Demais setores

Hoje mesmo foram liberados todos os demais setores econômicos em atividade, à exceção de bares…

Pressão

No caso, o prefeito Fábio Gentil não se ampara em informações científicas para liberar geral, e sim na pressão exercida por empresários e lojistas, como se verifica no comunicado acima do CDL.

Ninguém respeita mais

A exceção dos bares, porém, é só mesmo para constar, pois ninguém mais está respeitando norma nenhuma de restrição social na Princesa do Sertão.

Verdes se ouriçam em Caxias…

Repercute a notícia de que o PV de Caxias pretende lançar candidato a prefeito no município… Reveja aqui.

Bons quadros

A sigla tem bons quadros, é formada por integrantes de vários segmentos sociais da Princesa do Sertão.

Adriano Sarney

A nota acima de Adriano Sarney, publicada ontem no Twitter, ajudou a ouriçar ainda os membros da agremiação verde local.

Pesquisa Escutec/O Estado é praticamente uma reprise da anterior…

A nova pesquisa Escutec traz praticamente os mesmos números da anterior invalidada pela juíza Marcela Lobo, da 4ª Vara Eleitoral de Caxias, há 15 dias atrás.

Os números da Escutec/O Estado confirmam a liderança do prefeito Fábio Gentil (Republicanos) na disputa de Caxias. Em três cenários estimulados, Gentil aparece com mais de 60% da opinião dos entrevistados.

O levantamento ouviu 500 eleitores no município nos dias 21 a 24 de julho. O registro na Justiça Eleitoral tem o número MA 00645/2020. Com intervalo de confiança de 90% e margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.

Cenário espontâneo

Na modalidade espontânea, primeiro cenário da pesquisa, Fábio Gentil foi citado por 43% dos ouvidos no levantamento. Ele é seguido pelo deputado estadual Adelmo Soares (PCdoB), que obteve 8%. Paulo Marinho Jr. vem em seguida com 4%; Júnior Martins, 3%; César Sabá, Tino Castro e professor Arnaldo Rodrigues aparecem com 1% cada. Não sabe ou não respondeu somaram 39%.

Cenários estimulada

No primeiro cenário estimulado, que tem sete nomes na disputa, Gentil aparece com 60% da opinião dos entrevistados.

No cenário seguinte, com cinco nomes na disputa, o prefeito seria reeleito em Caxias com 64% dos votos. O deputado do PCdoB obteve na pesquisa, 16%. Nenhum dos candidatos foi a opção de 11% dos ouvidos na pesquisa e 9% disseram não saber ou não responderam.

Aprovação

A aprovação da gestão de Fábio Gentil em Caxias é de 66% da população de Caxias. Outros 30% dos entrevistados disseram desaprovar e 4% não sabe ou não respondeu.

Rejeição

Quanto a rejeição, o levantamento mostra que Adelmo Soares tem 28% de rejeição. Não votaria em Fábio Gentil, 16% dos entrevistados. Outros 6% disseram que não votariam em César Sabá e em Júnior Martins. Professor Arnaldo Rodrigues aparece com 4% de rejeição, Luiz Carlos Moura com 2%, Tino Castro com 2% e nenhum dos candidatos com 26%. Não sabe ou não respondeu, 9%… Com informações do jornal O Estado do Maranhão.

PV deve lançar candidato a prefeito em Caxias…

O Partido Verde de Caxias também deve lançar candidato a prefeito no município. A informação, divulgada pelo blog do Irmão Inaldo, foi confirmada agora há pouco ao editor do site por um integrante da direção da sigla na Princesa do Sertão.

Discussões internas

Segundo a mesma fonte da agremiação, a articulação está de fato em andamento: “As discussões internas no nosso partido são amparadas na concepção de que o município carece de uma visão administrativa mais ampla, descentralizada, direcionada aos diversos segmentos sociais e empreendedoristas na cidade, e não apenas voltada para algumas prioridades específicas, como se vê atualmente”.

Concorrentes

Como se sabe, há hoje em Caxias sete pré-candidatos a prefeito: Fábio Gentil (Republicanos), que pleiteia a reeleição, e os concorrentes oposicionistas Adelmo Soares (PCdoB), Cesar Sabá (MDB), Júnior Martins (PSC), Arnaldo Rodrigues (PSOL), Tino Castro (PTB) e Luiz Carlos Moura (PMB).

Apoio ou não do PT de Caxias a Fábio Gentil será decidido pelo diretório nacional…

A questão sobre se o PT poderá ou não apoiar a reeleição do prefeito Fábio Gentil (Republicanos), como quer a direção da agremiação caxiense, será decidida pelo diretório nacional do partido.

Contra a posição

O recurso de Chico Sousa contra a posição da direção do PT de apoio ao prefeito local está à espera da decisão dos cardeais da sigla no país.

Interesse do PCdoB

Agora, há um outro dado no quiproquó: a direção do PCdoB no Maranhão também fez chegar ao diretório nacional do PT o seu interesse numa coligação dos dois partidos em Caxias, o que, no caso, seria o apoio dos petistas caxienses à candidatura a prefeito do deputado estadual Adelmo Soares (PCdoB).

Agrado a MJ e FD

Do que se poderia concluir, também, que caso o PT nacional decida pelo apoio do PT de Caxias a Adelmo Soares, e não a Fábio Gentil, é porque essa decisão agradaria não só ao deputado federal Márcio Jerry, mandachuva da sigla comunista no estado, como também ao próprio governador Flávio Dino (PCdoB)…

Mais claras

E aí, óbvio, se for pelo apoio a AS e não a FG, tudo ficará politicamente mais claro, inclusive quanto ao que pensa o próprio mandatário maranhense a respeito da disputa eleitoral na Princesa do Sertão.

A morte ronda Caxias: números da covid-19 são inquestionáveis…

Os números registrados no boletim da Prefeitura de Caxias de agora à noite (26/07) mostram, mais uma vez, que a covid-19 ronda o município de forma rasteira e fatal.

Povo e autoridades ignoram

Apesar disso, parte da população e as autoridades caxienses ignoram a ameaça que continua latente e mortal.

Caminho errado

A média de 2 pessoas mortas a cada 24 horas se mantém, às vezes com algum intervalo mínimo, mas incessante, para alertar que o governo municipal está seguindo o caminho errado… Infelizmente.

Boletim

Reveja o boletim de agora à noite aqui.