Justiça dá prazo de 24 horas para que bancos em Caxias MA organizem filas no entorno e dentro das agências…

Caixa Econômica em Caxias-MA

O juiz Sidarta Gautama, da 1ª Vara Cível de Caxias MA, acatou Ação Civil Pública, com Pedido de Tutela Provisória de Urgência, protocolada pelo Município de Caxias, via PGM, contra os Bancos do Brasil, Bradesco, Banco do Nordeste, Banco da Amazônia, Santander e Caixa Econômica Federal para que essas instituições organizem as aglomerações no entorno e dentro das agências das mesmas, com distância adequada entre pessoas, fornecimento de produtos higiênicos, máscaras, etc…

Lucros fabulosos

…Tudo o que os bancos no Brasil não têm feito durante a pandemia da Covid-19, apesar de serem as instituições que mais ganham dinheiro no país, com lucros anuais sempre fabulosos e que, contraditoriamente, não oferecem o mínimo atendimento humanizado principalmente à sua clientela mais humilde…

24 horas

…Sidarta Gautama fixou o prazo de 24 horas para o cumprimento das medidas pelos bancos locais e, caso os mesmos desrespeitem a decisão, multa diária de R$ 15 mil por cada instituição, limitada ao valor de R$ 300.000,00, com bloqueio em favor do Município de Caxias, autor da ação.

Bancos: Governo do MA endurece regras em relação às aglomerações no entorno e dentro das agências bancárias no estado…

agência bradesco caxias-ma

Em entrevista, hoje, entre outras medidas genéricas de combate à pandemia da covid-19, o governador Flávio Dino (PCdoB) disse que vai endurecer as regras contra os bancos que vêm descumprindo as normas destinadas a restringir as aglomerações no entorno e dentro das agências bancárias no estado…

Organização de filas e cuidados

…Como registrado aqui na semana passada, em particular, o Bradesco é uma dessas instituições bancárias que não têm se preocupado em organizar as filas para que as pessoas mantenham uma distância mínima segura entre umas às outras e nem têm o cuidado de fornecer máscaras, álcool, sabão, pias onde lavar as mãos, etc… Afora outros absurdos, como as cenas já mostradas aqui, em vídeo (reveja)…

O exemplo

…O Bradesco, no caso, é o exemplo mais dramático, mas todas as demais agências bancárias em Caxias também ainda não se empenharam em dar a sua necessária contribuição ao combate do novo coronavírus em Caxias e no restante do Maranhão…

Agências locais

…No caso, as situações mais críticas na Princesa do Sertão são as das agências do Bradesco, Caixa Econômica e Santander… O Banco do Brasil foi um dos poucos a adotar alguns critérios para atendimento, mas ainda assim insuficientes!

Bradesco e demais agências locais ignoram decretos estaduais e municipais destinados a evitar a disseminação da covid-19 em Caxias do Maranhão…

Como relatado aqui ontem, ainda na noite de domingo, o vídeo mostra os clientes mais humildes do Bradesco, um dos maiores bancos do país, enfrentando uma chuva torrencial para somente hoje serem atendidos pela agência do banco em Caxias do Maranhão (reveja aqui)…

Porta e entorno

…Agora, veja na foto acima como estava a situação à porta e no entorno do Bradesco hoje pela manhã. O registro fotográfico é de perto do meio-dia…

Febraban

…A verdade é que nenhuma das agências bancárias locais do Bradesco, Caixa Econômica, Banco do Brasil e Santander respeita as próprias determinações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) nem aqui nem no restante do país…

Determinações

…Diz as determinações que os bancos são sim, responsáveis pela segurança e proteção de sua clientela dentro das agências e no entorno das mesmas. O contrário do que acontece na Princesa do Sertão…

Endurecendo

…Hoje, por exemplo, em Salvador (Bahia) as autoridades endurecerem as regras contra as agências bancárias locais e estas, além de multas, poderão ser interditadas caso descumpram as normas destinadas a evitar aglomerações…

Endurecendo II

…No caso de Caxias, também, as autoridades locais poderiam seguir o exemplo de Salvador, forçando as agências bancárias locais a se enquadrar no combate à covid-19 no município caxiense.

Bradesco: no MA, clientes enfrentam chuva torrencial à porta do banco, agora à noite, para serem atendidos amanhã…

A voz no vídeo seria da advogada Dayana Moura, que flagrou essa situação surreal, acima, em Caxias do Maranhão, em frente ao Bradesco, em plena época de pandemia mundial da covid-19!…

Atendidos só amanhã

…No município maranhense, clientes do Bradesco, um dos maiores bancos do país, enfrentam chuva torrencial no domingo de hoje à noite para serem atendidos só amanhã, segunda-feira!