Polícia Federal investiga desvios de recursos de verbas federais no Maranhão…

A investigação se concentra em dois pregões que custaram cerca de R$ 38 milhões aos cofres públicos.

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (12/1), nas cidades de São Luís/MA, Pinheiro/MA e Palmeirândia/MA, a Operação Irmandade, com a finalidade de desarticular organização criminosa estruturada para promover fraudes licitatórias, desvio de recursos públicos e lavagem de dinheiro no âmbito do município de Pinheiro/MA, envolvendo verbas federais do Fundo Nacional de Saúde e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica.

Ao todo, 60 policiais federais cumpriram 11 mandados de busca e apreensão, 10 mandados de sequestro de valores, além de ordens de suspensão do exercício da função pública, proibições de acessar ou frequentar a prefeitura, de manter contato com os outros investigados e de ausentar-se da comarca de sua residência durante a investigação. As determinações judiciais foram expedidas pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

A investigação se concentra nos Pregões 030/2018 e 016/2020, que custaram cerca de R$ 38 milhões aos cofres públicos, e deram origem a contratos firmados com empresas pertencentes aos membros da organização criminosa.

Foram localizados diversos indícios no sentido de que o proprietário de fato dessas empresas seria o gestor público municipal, o que se confirmou por meio da análise das movimentações bancárias. Nessa oportunidade, constatou-se que parte dos pagamentos realizados pelo poder público para tais empresas era revertido para as contas do servidor público.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação (art. 96, inciso I, Lei 8.666/93), peculato (art. 312, Código Penal), lavagem de capitais (art. 1º, caput, Lei 9.613/84) e integrar organização criminosa (art. 2º, Lei 12.850/13).

Somadas, as penas podem chegar a 34 anos de prisão. A denominação “Irmandade” faz referência à composição da organização criminosa, que possui, tanto no núcleo político, quanto no núcleo empresarial, irmãos participantes do estratagema criminoso (Com informações da Polícia Federal no Maranhão).

2 respostas para “Polícia Federal investiga desvios de recursos de verbas federais no Maranhão…”

  1. Estamos esperando um voo ✈️ rasante no município da polícia federal . Não vai ficar pedra sobre pedra! Quando se fala em PF quem tem muitos cabelos deve ficar tipo gato com medo de cachorro!

  2. Só Caxias que tem político honesto, Caxias o Ministério Público e PF trabalham muito, nunca vi igual…dizem bocas miúdas que tem dinheiro voando depois da morte de duas pessoas ano passado, coisa pesada, gente perigosa de Teresina (agiota) esteve na cola, arrombaram uma casa no Vila Arias e de repente tudo ficou em silêncio, aqui não se desviou um centavo da covid e nem nas obras do Mirante, Shopping do Camelô…obras (inacabadas) por aí a fora, aqui não se pegou dinheiro emprestado pra abrir empresa e justificar movimento… Mas a covid levou… Poço fundo e negro esse que criaram e agora esperam um deputado federal ou governador se eleger e assim tampar o rombo.

    QUANDO CAXIAS VAI TER MP e PF? Quando chegar, avisem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *