Comandante do 2º BPM fala sobre os paredões de som em Caxias…

Perto das duas da tarde de hoje, o repórter Roberto Braga entrou no ar, no programa #SQN, do jornalista Ricardo Marques, na rádio Sinal Verde FM, com o comandante do 2º BPM, tenente-coronel Márcio Silva…

Se atrapalhou

…Quando a conversa entre o repórter e o comandante girou sobre a rotina das ações policiais, Márcio Silva se saiu bem, mas quando entrou na pauta o tema dos paredões de som, aí o homem se atrapalhou e não conseguiu convencer a opinião pública com suas justificativas…

Grande repercussão

…O assunto paredões repercute muito na cidade desde as primeiras postagens sobre o retorno da zoeira aqui no site, e de lá para cá migrou para redes sociais, zaps, etc, etc…

Por quê?!

…Além da inércia da PM, ninguém consegue entender por que a Prefeitura de Caxias voltou a conceder licenças de funcionamento para a turma dos paredões, sabendo de antemão que isso irá resultar em confusão!

Olha o que houve em agosto de 2017 em reunião marcada para discutir o problema dos paredões de som em Caxias…

Olha só, em agosto de 2017, o então secretário municipal de Governo Catulé Júnior se reuniu com proprietários de paredões de som para tratar da balbúrdia sonora predominante em Caxias…

Tropa dos paredões

…Na ocasião, o intermediário entre a turma dos paredões, liderada por Raony Rangel (proprietário do Paredão do Galinha, o maior e mais barulhento do município) e o governo fora o vereador Mário Assunção…

Decreto 522

…Isso se deu logo após o prefeito Fábio Gentil assinar o Decreto 522, de 8 de agosto de 2017, proibindo em todo o município “a utilização em veículos de qualquer espécie de equipamentos que produzam som audível, interna e externamente, independente do volume ou frequência, sem a devida autorização e regularidade. O descumprimento ao decreto implica em multa, apreensão e remoção do veículo ou equipamento. A sociedade conta com os seguintes órgãos de segurança, fiscalização e controle que podem ser acionados: Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal e Departamento Estadual de Trânsito; conta ainda com a cooperação de outras instâncias, a exemplo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, Corpo de Bombeiros dentre outros”…

A coisa é bonita

…No texto, a coisa é bonita. E até que funcionou por um período, dando sossego aos ouvidos dos cidadãos de Caxias…

Pensando na municipalidade

…Em linhas gerais, ao fim da reunião, o vereador Mário Assunção e o secretário de Governo, Catulé Júnior, ressaltaram que “na verdade, o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, e a Câmara de vereadores pensam na municipalidade como um todo, então, a gente quer atender os interesses de todos, tanto das pessoas que gostam do som automotivo, quanto das pessoas que querem que seja respeitada a Lei do Silêncio”…

Bandalheira geral

…Hoje, porém, nem uma coisa nem outra… O governo liberou geral a bagunça. Qualquer um chega lá e consegue autorização para fazer a zoeira, principalmente o ‘Paredão do Galinha’. Dessa forma, a Polícia Militar faz de conta que fiscaliza os paredões, mas não fiscaliza e, assim, a bandalheira voltou a predominar na Princesa do Sertão…

Quer se reeleger

…Pois, afinal, ‘Cabeludo’ quer porque quer se reeleger prefeito e acha que agradando os grupos de paredões vai aumentar o número de seus votos!…

Leia mais

…Leia mais sobre a referida reunião de agosto de 2017 no próprio site da Prefeitura de Caxias.

Paredões de som infernizam as pessoas da Volta Redonda neste momento em Caxias…

Isso aqui é em Natal (RN)…

Neste momento, dezenas de pessoas mandam mensagens ao editor da página relatando que “está um inferno a zoeira produzida pelos paredões de som no bairro Volta Redonda”… e que, apesar disso, a Polícia Militar em Caxias faz ouvidos de mercador e ignora todos os apelos dos cidadãos da área!…

De lascar

…Assim, é de lascar, mesmo, à 01h00 da madruga!

No xadrez: as delicadezas e as sutilezas políticas próprias da Princesa do Sertão…

A propósito de delicadezas e de sutilezas políticas que começam a aparecer na disputa eleitoral em Caxias, ainda cabem muitas outras perguntas além do caso de Catulé e Catulé Júnior (aqui), como já publicadas algumas no site…

Filho e pai

…No caso de Tino Castro, por exemplo, para relembrar, George Coutinho, o primogênito da deputada Cleide Coutinho, apoia Tino, mas o pai de Tino apoia Adelmo Soares… Reveja aqui

Falar mal

…Magno Chaves, pré-candidato a vice na chapa de Tino também não pode falar mal do grupo Coutinho por razões óbvias…

Ir fundo

…César Sabá também não pode ir fundo no grupo Coutinho por causa de suas ligações passadas com o saudoso Humberto Coutinho… O ex-vice-prefeito Júnior Martins também, idem, pelas mesmas razões…

Muito trabalho

…Quer dizer, até se decifrar todos esses enigmas políticos e de vivências partidárias passadas haverá muito trabalho para os analistas de plantão!

Situação de Catulé e Catulé Júnior após a pré-candidatura de Adelmo Soares e a ida de PMJ a Brasília…

A ida de PMJ para a Câmara Federal e o rompimento e a consequente pré-candidatura do deputado Adelmo Soares (PCdoB) mudaram muito a configuração interna do poder municipal…

Reajustamento

…A saída de AS forçou um reajustamento interno no consorciado governista porque Fábio Gentil passou a temer mais dissidências na sua base de apoio, o que levou o prefeito a alterar a maneira com que vinha tratando internamente os outros aliados…

Mudanças conjunturais

…No caso do presidente da Câmara e agora eventual ‘vice-prefeito’ Catulé, este se fortaleceu internamente com as mudanças conjunturais, mas isso, por sua vez, também deixou o filho e secretário estadual de Turismo Catulé Júnior numa situação delicada, haja vista a candidatura de Adelmo Soares ser uma decisão do PCdoB, partido do deputado federal Márcio Jerry e do próprio governador…

Gerar atritos

…O que quer dizer que, em tese, Catulé pode assumir integralmente a defesa do projeto de reeleição de Fábio Gentil, mas Catulé Júnior não, pois isso acabaria por gerar atritos na base comunista do poder estadual… Ou seja, nada na política é 100%!

Renúncia ao cargo de vice…

Embora antecipadamente anunciada, a renúncia de Paulo Marinho Júnior (PL) ao cargo de vice-prefeito de Caxias, oficializada na sessão da Câmara de segunda-feira passada, repercutiu e gerou uma série de especulações no município quando ao futuro político de PMJ.

Paulo Marinho Júnior já negou diversas vezes que pretenda se lançar candidato a prefeito da Princesa do Sertão em 2020, mas o meio político-partidário local parece não acreditar nisso. Daí os murmurinhos sobre supostas movimentações do primogênito do clã Marinho na direção de, mais adiante, surgir com a ‘surpresa’, causando assim mais fervura no ambiente eleitoral caxiense, o qual, é fato, mudou muito desde a oficialização do acordo entre os grupos Coutinho e Soares.

De qualquer forma, com ou sem especulações, a realidade, hoje, é que aparentemente nada irá mudar em relação à aliança estabelecida entre os grupos Gentil e Marinho, como, aliás, seus representantes cuidaram rapidamente de negar que poderiam romper. No caso, as mútuas reafirmações da união tanto da parte do prefeito Fábio Gentil (PRB) quanto da de PMJ foram distribuídas na mídia tradicional e nos meios virtuais, redes sociais, zaps, etc (Da coluna Caxias em Off, edição do Jornal Pequeno de 12/02/20).

Olha só: mais pimenta no caldo preparado para o vice-presidente Hamilton Mourão em Caxias!…

Fonte de Brasília confidenciou, agora há pouco, ao editor do site que Mourão só topou vir a Caxias porque, de qualquer forma, teria de passar na região para tratar do Conselho da Amazônia…

Sua rota

…E aí, como era sua rota mesmo, teria consentido em fazer essa ‘média’ na Princesa do Sertão!

Críticas à concessão do ‘Título de Cidadania Caxiense’ ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão…

São muitas as críticas nas redes sociais e em ‘zaps’ ao oportunismo da concessão do ‘Título de Cidadania Caxiense’ ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão, neste momento…

Concisa

…Mas a mais concisa e pertinente foi a de Antônio + Velôzo, publicada nos comentários deste site…

Critérios para a outorga

…Vamos a ela: “Com o devido respeito ao
Legislativo Caxiense e à pessoa do homenageado, a meu ver um cidadão de bem, mas entendo que os critérios para outorga de tão valioso título deveria contemplar, no mínimo, efetiva prestação de serviços relevantes à cidade de Caxias. Nada em menoscabo ao homenageado, mas a favor da importância da concessão. Saudações democráticas!”

Já são sete os aspirantes a chefe da Prefeitura de Caxias a partir de 2021: a primeira na história com tantos candidatos…

mosqueteiros…

Com os anúncios de hoje, agora já são pré-candidatos a prefeito de Caxias Fábio Gentil, Adelmo Soares, César Sabá, Tino Castro, Júnior Martins, Arnaldo Rodrigues e Luiz Carlos Moura…

Sete mosqueteiros

…Sete mosqueteiros atrás de acampar no Palácio da Cidade a partir de 2021…

A primeira

…Caso todos mantenham suas candidaturas no período legal, será a primeira eleição com tantos aspirantes ao Executivo Municipal em toda a história da Princesa do Sertão!

O ex-vice-prefeito Júnior Martins acaba de confirmar que será candidato a prefeito pelo PSC em Caxias…

Em São Luís, o ex-vice-prefeito Júnior Martins acaba de confirmar ao editor da página que terá o comando do PSC em Caxias e nele irá marchar rumo à disputa eleitoral de 2020…

Foto

…Na foto acima, JM com o chefe do PSC maranhense e deputado federal Aluísio Mendes e o jornalista e pastor Ribamar Rodrigues… Na verdade, JM iniciou a vida política na região pelo mesmo PSC e, agora, portanto, retorna às suas origens partidárias…

Com tudo

…Empolgado com a articulação e o apoio de Aluísio Mendes à sua empreitada eleitoral, JM diz que irá com tudo para a pré-campanha de prefeito da Princesa do Sertão!