Despejo de lixo revolta moradores do bairro Teso Duro…

Viralizam na internet as imagens de um caminhão caçamba despejando lixo próximo a casas do bairro Teso Duro, em Caxias MA, e os moradores do lugar irritados com a situação.

A população, que já sofre muito com os efeitos do amontoado de detritos domiciliares despejados diariamente no bairro, fez uma barreira na estrada para impedir o acesso de outros veículos que levavam mais resíduos para o local. A confusão foi grande durante todo o dia de hoje.

Confira no vídeo abaixo:

Demissão de ‘Cesinha’ da Cultura provoca série de críticas ao secretário da pasta, Léo Barata…

léo barata

Colegas de trabalho tecem duras críticas ao secretário municipal de Cultura de Caxias MA, Léo Barata, que teria demitido sumariamente o humilde servidor conhecido apenas como ‘Cesinha’.

Além de estar doente, segundo os companheiros de trabalho, ‘Cesinha’ também teria sido apenas deslocado para a Cultura, “emprestado”, pois seria de fato “lotado na Secretaria Municipal de Administração, o que legalmente impediria Léo Barata de demiti-lo da forma que fez… No máximo remanejá-lo ao local de origem.”

Agradecimento ao governador Flávio Dino pelos serviços prestados à cidade de Caxias

“Reconhecemos a importância da presença do governo Flávio Dino em solo caxiense. Grandes foram e são os seus feitos, que vieram contribuir na melhoria da qualidade de vida da população da Princesa do Sertão. Podemos destacar ações na saúde, através do H. Regional, que permite que as pessoas carentes tenham um tratamento oncológico digno, o contrário  do que acontecia antes, quando os pacientes estavam entregues à  própria sorte, o que restava em angústia, dor e sofrimento, além dos males causados pela doença.

As consequências da pandemia teriam sido ainda maiores se não tivesse havido o suporte estadual aos pacientes com covid-19. Sem falar que o H. Regional é que garante aos caxienses a assistência médica, devolvendo o alívio a seu sofrimento. Além dos exames de imagem que ajudam no tratamento.

Na educação destacamos o início do ano letivo, oferendo o calendário escolar e com quase toda grade de professores estabelecida. Nos programas  sociais destacamos o Restaurante Popular, vale gás, minha  casa melhor e etc.

Na infraestrutura: asfaltos, conclusão da MA Caxias/Buriti Bravo, construção de  escolas, creches, praças, parque ambiental e etc. Então, em nome dos sem vez e voz, queremos agradecer ao governador Flávio Dino pelo seu compromisso como gestor com a nossa cidade – Silima Coqueiro, enfermeira.”

Dra. Cleide e Gil Cutrim levam patrulha mecanizada a povoados de Caxias

A parceria da deputada estadual Dra. Cleide Coutinho (PDT) com o deputado federal Gil Cutrim (Republicanos) já está produzindo benefícios aos caxienses.

Nesta segunda-feira (20/12), os parlamentares entregaram à Cooperlest – Cooperativa de agricultores do 2º Distrito da zona rural de Caxias – que abrange os povoados da Rodagem, Mucambo, Chapada do Mundé, dentre outros – um trator agrícola que atenderá à demanda dos trabalhadores rurais para mecanizar o trato da terra e aumentar a produtividade de suas lavouras.

“Estamos nesta união com o deputado Federal Gil Cutrim, que vai contribuir muito com nosso trabalho pelos caxienses. Esta patrulha é apenas o começo desta frutífera parceria”, disse Dra. Cleide na entrega do trator à Cooperlest.

Olavo de Carvalho tira o dele da reta e diz que Bolsonaro já perdeu…

O autoproclamado filósofo, guru da primeira família presidencial brasileira, antecipa o obituário do governo.

Ricardo Noblat

O autoproclamado filósofo Olavo de Carvalho, do bunker que há muitos anos o abriga nos Estados Unidos, antecipou o obituário do governo do presidente Jair Bolsonaro em entrevista que concedeu a um canal de aflitos bolsonaristas no YouTube.

“A briga já está perdida”, disse ele logo de início, escutado em silêncio pelos ex-ministros Ricardo Salles, do Meio Ambiente, investigado por contrabando de madeira, e Abraham Weintraub, da Educação, que escapou do Brasil com medo de ser preso.

Em seguida, comentou com rara franqueza:

 “O Bolsonaro não é obedecido em praticamente nada, nada. Quem manda no Brasil é a turma do STF, da mídia, do show business. Acabou. E o pessoal das Forças Armadas? Assiste a tudo isso. Só acredita em neutralidade ideológica. Ou seja, no Brasil só existem duas possibilidades: ou você é comunista ou você é neutro. Não existe direita. Existe bolsonarismo”.

Foi adiante:

“O Brasil vai se dar muito mal. Não venham com esperanças tolas, porque a briga já está perdida. Existem chances de fazer voltar? Existe uma chance remota, mas só se o Bolsonaro acordar, mas eu não sei como fazê-lo acordar. Dizem que eu sou o ‘guru do Bolsonaro’. Isso é absolutamente falso. Conversei com ele somente quatro vezes na minha vida”.

“Então, a minha influência sobre o Bolsonaro é zero. Ele me usou como ‘poster boy’ [garoto propaganda, em livre tradução]. Me usou para se promover, para se eleger. E, depois disso, não só esqueceu tudo o que dizia como até os meus amigos que estavam no governo, ele tirou”.

Aos 74 anos, Carvalho foi o responsável pelas indicações ao governo de Ernesto Araújo, ex-ministro das Relações Exteriores, e Ricardo Vélez Rodríguez, ex-ministro da Educação. Sobre erros cometidos por Bolsonaro até aqui, Carvalho filosofou:

“Qual o poder que tem o presidente comparado com o do Congresso e do Supremo Tribunal Federal? Não tem nada. Ele castrou a si mesmo desde o primeiro dia. A primeira coisa que eu diria a ele era: ou você [ininteligível] nas duas primeiras semanas ou está perdido. Porque se você dá tempo para o adversário se fortalecer, ele se fortalece. Foi o que aconteceu”.

“Você acha que nas primeiras semanas alguém teria coragem de dizer de Bolsonaro o que dizem hoje? Não tinha, porque o pessoal sentia a força do apoio popular. Agora já não sente. Essa manifestação do 7 de setembro foi o maior desperdício de apoio popular que ele já recebeu. Você reúne o povão que diz: ‘Autorizo’. Autorizo o quê? E o que foi que ele fez? Fez nada”.

E concluiu:

“Tem algum problema com Bolsonaro, não sei qual é. Agora, não tem outro em quem votar”.

Um bolsonarista que acompanhou a entrevista de Carvalho escreveu em sua conta no Twitter:

“Correto, aí o que o Bolsonaro fez? Soltou a mão do povo e segurou a mão do centrão. Virou a as costas para os apoiadores que o criticavam e com razão, adjetivou de direita burra, pirralhos, e ao invés de abrir um diálogo, pediu para quem tivesse descontente que votasse no Hadad.”

Catulé amplia as críticas ao procurador Adenilson Dias e ainda o acusa de negociatas com dois ex-juízes afastados pelo TJMA…

Em segunda rodada no ringue, hoje, na sessão ordinária da Câmara Municipal, o vereador Catulé ampliou as críticas ao procurador-geral do Município de Caxias MA, Adenilson Dias, e ainda foi mais fundo listando outras graves denúncias contra o chefe da Procuradoria da Princesa do Sertão.

Catulé não só ampliou as críticas ao procurador como também ainda o acusou de negociatas e supostos conchavos com dois ex-juízes afastados pelo TJMA.

Confira nos vídeos abaixo:

Juiz Paulo Afonso absolve o marqueteiro Carlos Alberto em ação penal movida pelo Ministério Público…

O juiz Paulo Afonso Vieira Gomes, da 1ª Vara Criminal de Caxias, absolveu o marqueteiro Carlos Alberto Ferreira da Silva na ação penal movida pelo Ministério Público contra o mesmo no ano de 2012.

O magistrado considerou improcedentes as acusações de “impedimento, perturbação ou fraude na concorrência” feitas pelo Ministério Público do Maranhão contra Carlos Alberto Ferreira da Silva, Simone Conceição Sousa e Suzanne Quintanilha Soares. Os três foram apontados pelo MP como beneficiários de uma licitação da Prefeitura de Caxias de 2012 supostamente irregular. O juiz absolveu todos eles.

Paulo Afonso realça em sua decisão, publicada dia 17 passado, que a ação penal movida pelo MP contra Carlos Alberto, Simone Conceição Sousa e Suzanne Quintanilha Soares foi baseada em informações que não se comprovaram posteriormente, pois formulada em cima de um apanhado de suposições publicadas na imprensa local que, ao final, nada provaram, restando mais dúvidas que certezas quanto às apontadas irregularidades no processo licitatório do governo do ex-prefeito Léo Coutinho.

Vereador denuncia aumento no preço da tarifa de água em Caxias…

O vereador Daniel Barros denuncia que, “no apagar das luzes de 2021, o prefeito de Caxias, Fábio Gentil, enviou à Câmara Municipal um projeto que prevê aumento em média de 12% da tarifa social da água em Caxias”.

O edil acrescenta que no momento em que “falta alimentação na mesa do povo e merenda escolar para as crianças caxienses o prefeito deseja que os seus vereadores da base governista aprovem, na surdina, esse absurdo. A população está endividada e sem o básico para viver. A água é um líquido precioso e essencial”.

Segundo ainda o parlamentar, “as tarifas atuais cobradas pelo Saae/Caxias são as mais caras do Maranhão” e que, por isso, os demais colegas vereadores não deveriam aprovar o projeto.