Reunião para tratar do enfrentamento da covid-19 em Caxias…

Ontem (03/03), por iniciativa do presidente da Câmara de Caxias MA, Teódulo Aragão, integrantes da Comissão de Saúde da Casa e demais colegas vereadores, o secretário de Governo do município, Fernando Ferraz, o secretário municipal de Saúde, Carlos Alberto Martins, o comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão, Major Ricardo Almeida de Carvalho, o delegado Zilmar Santana e o presidente do Sindlojas, empresário Ivan Ferreira, se reuniram na quarta-feira passada no auditório da Prefeitura para tratar da pandemia de covid-19 no município.

Mas, de antemão, representantes da classe empresarial deixaram claro que são contra ações mais radicais de enfrentamento da covid-19, como o fechamento do comércio. Para os comerciantes, não seriam as lojas as responsáveis pelas aglomerações.

Quer dizer, vai ser difícil chegar a um consenso, embora todos saibam que acima de quaisquer questiúnculas e interesses corporativos existe a vida e que sem esta nada mais importa.

À margem do poder…

Embora haja uma explícita hegemonia política em Caxias, aqui e acolá, aliados mais antigos do governo vêm expressando alguma contrariedade em rodas de conversa. São rodas de conversa restritas, frequentadas por quem costumava ter acesso ao poder na primeira administração de Fábio Gentil (Republicanos) e hoje se sente relegado a segundo plano.

São reclamações típicas de quem antes se sentia parte orgânica do meio e que agora se acha à margem do poder… As mudanças no secretariado, as demissões de uns e as admissões de outros estão entre os principais assuntos. No que também acompanha a turma do baixo clero das secretarias adjuntas, das coordenadorias e das chefias. Ou seja, o elo das conversas contém o elemento da perda de cargos e a influência destes, o desprestígio consequente, e vai por aí afora.

Na verdade, todos ingredientes da receita política e da formação do bolo tradicional do poder. Poder é sinônimo de cargos, e sem estes os agentes políticos não são nada… Daí o sentimento de tristeza no rosto de algumas figuras que exibiam seus crachás oficiais no município e fora dele até o derradeiro dia de 2020 (Editorial da coluna Caxias em Off, do Jornal Pequeno de 03/03/21).

Ex-candidato a vereador é morto pelo próprio filho adolescente em Caxias…

Morto com um tiro na cabeça pelo próprio filho adolescente, o mototaxista Cloves Rodrigues dos Santos, de 50 anos, já havia trabalhado como agente administrativo na delegacia de Polícia Civil do bairro Cohab e era muito conhecido na cidade. Em 2020, inclusive, foi candidato a vereador, mas não teve sucesso nas urnas.

O fato, que chocou a população de Caxias MA, aconteceu agora à noite (1/3) na Rua Professor Arlindo, no Residencial Eugênio Coutinho. O assassino, I.P.C.S, é de menor.

O crime teria ocorrido após uma discussão entre pai e filho. A polícia está em busca do paradeiro do rapaz, que fugiu do local depois do trágico episódio.

Flávio Dino edita normas, mas não vai decretar lockdown no Maranhão…

O governador Flávio Dino afirmou nesta segunda-feira (1/3) que não irá decretar, neste momento, lockdown no Maranhão. A decisão veio após reunião com representantes dos poderes Legislativo, Executivo e com prefeitos da Ilha de São Luís. “Estamos descartando a possibilidade de nesse momento haver um lockdown total. O que faremos é uma edição de normas com restrições de certas atividades, inicialmente pelo período de 10 dias, como restrições de grandes aglomerações”, disse.

Com isso, eventos, mesmo aqueles com até 150 pessoas, não serão mais permitidos. A partir de segunda-feira haverá suspensão de atividades presenciais no serviço público por 10 dias.

Uma possível restrição no funcionamento do comércio só será decidido nesta terça-feira (2/3), após reunião com representantes do setor.

Dino ainda realçou que “faremos, também, uma força tarefa com os municípios, com a participação dos outros poderes, para fiscalizar e punir quem não usar máscaras em vias públicas. Subimos um degrau no nível de restrições, vamos observar por 10 dias e eventualmente adotar ainda mais medidas se essas não forem capazes de conter esse ciclo de expansão que infelizmente estamos acompanhando”… Com informações do Jornal Pequeno.

Entre o domínio da família Gentil e outras opções…

A família Gentil tem o domínio político absoluto no município. Tudo corre para os Gentil na cidade e na zona rural. É fato.

Por outro lado, as poucas opções de um guarda-chuva na oposição já estão preenchidas e, assim, não há mais nem como barganhar algum cargo do estado na região, os quais são controlados pelo grupo Coutinho.

Dessa maneira, quem ficou de fora do primeiro escalão neste segundo mandato de ‘Cabeludo’ tem de se contentar com a função que o núcleo duro palaciano oferece como compensação.

No caso, as compensações variam de secretarias adjuntas a coordenadorias e chefias de postos existentes nas diversas extensões da Prefeitura.

Ou então fornecimento e/ou prestação de serviços para a Viúva… Mas, atenção, essas últimas são atividades de alto risco e exigem muita paciência, pois o pagamento por elas é incerto e leva meses para sair.

Aumenta número de mortes e de infectados pela covid-19 em Caxias…

O boletim de sexta-feira passada (26/02) da Prefeitura de Caxias registrou 7.002 casos e 139 óbitos pela covid-19 no município.

Já ontem, sábado (27/02), o boletim registrava 7.019 casos e 141 óbitos pela covid-19 no município… Foram mais 5 mortes e mais 17 casos entre sexta-feira e sábado.

Ainda de acordo com o boletim oficial do governo, o número de pessoas que se recuperaram chegou a 6.012.

O vereador Torneirinho nem precisou ser chamado pelo governo…

Ligeiro bala na defesa do governo, o próprio vereador se chamou, travestiu-se de repórter, levou um câmera para ajudá-lo e foi até o Complexo Hospitalar Gentil Filho (Hospital Geral de Caxias) para tentar desconstruir a história do vídeo que o parente de uma paciente gravou in loco esta semana nas dependências daquela instituição médica.

Por conta disso, já estão dizendo que Torneirinho poderá até ser o novo assessor de Imprensa do governo, substituindo Guto no cargo!

É, os vereadores novatos e governistas estão se notabilizando por uma série de ações inusitadas: uma hora eles fiscalizam o comércio, dizendo que é importante para o combate à pandemia, noutra se passam por repórteres em hospital.

E olha que a nova legislatura apenas mal começou!!!

Encontro define metas para melhorar a saúde em Tuntum e Caxias

A deputada estadual Dra. Cleide Coutinho (PDT) se reuniu nesta sexta-feira, 25/02, com o secretário Estadual de Saúde, Carlos Lula; o prefeito e o vice-prefeito de Tuntum, Fernando Pessoa e Nelson do Nanxi, e o diretor do Hospital Regional de Caxias, Jefferson Coutinho.

No encontro foram discutidas diversas questões e novas metas foram definidas para melhorar ainda mais a saúde estadual, tanto em Caxias como em Tuntum.

“Dra. Cleide, com quem eu tive a honra de conviver por dois anos na Assembleia, honra o eleitorado dela em Tuntum e está aqui nos ajudando a levar mais serviços e equipamentos de saúde para nossa cidade”, disse o prefeito Fernando Pessoa.

“Todos viram nos jornais de TV, que ontem o secretário Carlos Lula estava em reunião com secretários de estado de todo o país mais o ministro da Saúde tratando das grandes questões nacionais, especialmente a vacinação da população e o combate ao coronavírus. Hoje ele pode se reunir conosco e canalizou sua energia e capacidade para nos ajudar e também as nossas cidades”, disse Dra. Cleide.

Ao final do encontro, Dra. Cleide encontrou sua colega médica e também deputada estadual Helena Duailibe (SDD), que também estava na secretaria do estado buscando serviços e equipamentos para os municípios que representa (Ascom).