Polícia Federal fecha máquina de propaganda do grupo Gentil em Caxias…

Ontem (10/5), a Polícia Federal lacrou os transmissores da TV Guanaré, em Caxias do Maranhão… Confira vídeo abaixo.

O sistema televisivo era uma máquina de propaganda político-partidária do grupo Gentil e seus aliados no governo, mas funcionava sem outorga (sem a devida autorização do Ministério das Comunicações) há vários anos no município.

Embora muitos propaguem que o sistema televisivo pertenceria ao prefeito Fábio Gentil, na verdade, a TV Guanaré é registrada em nome de Paulo Rizieiro do Nascimento Torres e utilizava o sinal da Rede TV com vasta programação local.

Veja o vídeo que circula na internet sobre a operação da PF:

Renúncia de Paulo Marinho Júnior foi um ato político chinfrim que ninguém entendeu…

Na sessão da Câmara de hoje (11/5) foi lido, em plenário, o pedido de Paulo Marinho Júnior de renúncia ao cargo de vice-prefeito do município de Caxias MA

Na sessão da Câmara de hoje (11/5) foi lido, em plenário, o pedido de Paulo Marinho Júnior de renúncia ao cargo de vice-prefeito do município de Caxias MA. Veja no vídeo abaixo.

Antes, o mesmo Paulo Marinho Júnior enviara à Casa legislativa o pedido de licença do cargo por 120 dias (dado entrada no dia 18 de abril de 2022, sem vencimento, para tratar de interesses particulares), o qual foi solenemente ignorado pelos vereadores governistas, pois esses, ao invés de analisar o pedido de licença, concomitantemente, deram logo início à abertura de uma comissão processante (CPI) para cassar o mandato do ainda então vice-prefeito. Reveja matéria sobre o caso aqui.

Entre seus argumentos para renunciar ao mandato de vice-prefeito, o agora deputado federal PMJ alega: “Por meio de órgão de imprensa, tomei conhecimento de que, ao invés de analisar meu pedido de licença, a Casa Legislativa determinou a abertura de um procedimento de apuração de suposto ‘acúmulo de mandatos’ (…)” e que tomou “conhecimento de que as ações da Câmara Municipal teriam por finalidade a criação de situações políticas e jurídicas com o objetivo de prejudicar minha possível campanha a deputado federal no pleito que se avizinha”, o que beneficiaria a filha do prefeito e pré-candidata a deputada federal Amanda Gentil.

Prossegue PMJ afirmando: “Não me calarei perante tais absurdos e ilegalidades, levando tais fatos ao conhecimento das autoridades competentes”.

Na verdade, ninguém entendeu o ato de renúncia de Paulo Marinho Júnior, nem seus aliados nem seus próprios adversários, embora os últimos estejam rindo até agora com as paredes, pois era tudo mesmo o que eles queriam, principalmente o prefeito Fábio Gentil, o presidente da Câmara, Teódulo Aragão, e o mais fiel escudeiro dos dois, o vereador Mário Assunção.

Veja no vídeo:

Deputada Cleide Coutinho participa de ato político de apoio a Brandão e Flávio Dino…

Em reunião articulada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), diversos deputados estaduais, entre eles a deputada Dra. Cleide Coutinho (PSB), deputados federais e a senadora Eliziane Gama manifestaram apoio à reeleição do governador Carlos Brandão (PSB) e à candidatura do ex-governador Flávio Dino (PSB) ao Senado Federal.

Todos reafirmaram a confiança do grupo na vitória em 02 de outubro.

Cleide Coutinho, festejada pelos presentes, disse “que vai trabalhar intensamente pela vitória dos nossos candidatos em todos os níveis” (Ascom).

Tropa de choque governista quer cassar o mandato do vice-prefeito de Caxias, Paulo Marinho Júnior…

A investida para a cassação de mandato começou na sessão legislativa do dia 27 de abril passado (27/4), quando o pedido de CPI foi protocolado na Casa do Povo pelos aliados do prefeito Fábio Gentil… Confira no vídeo abaixo

A tropa de choque governista na Câmara de Caxias MA agiliza o andamento de uma Comissão Parlamentar de Inquérito que teria o objetivo de cassar o mandato do vice-prefeito licenciado Paulo Marinho Júnior.

A investida nesse sentido começou na sessão legislativa do dia 27 de abril passado (27/4), quando o pedido de CPI foi protocolado na Casa do Povo pelos aliados do prefeito Fábio Gentil… Confira no vídeo abaixo, ao fim da matéria.

Contatado, via mensagem de WhatsApp, pelo editor da página, o hoje deputado federal Paulo Marinho Júnior disse que não iria se pronunciar sobre o assunto porque, até agora, não recebeu nenhuma comunicação oficial da Câmara de Caxias tratando do tema.

Disse Marinho Júnior: “Ainda estou aguardando a resposta da Câmara de Caxias sobre a licença que dei entrada e o questionamento… Não posso lhe responder sobre esse assunto (Comissão Parlamentar de Inquérito) porque ainda não fui notificado formalmente pela Casa”.

Veja o vídeo:

Lideranças religiosas e rurais se dizem decepcionadas com a falta de respostas sobre o assassinato de Edvaldo Pereira Rocha…

Presidente da Associação de Quilombolas do povoado Jacarezinho, Edvaldo foi morto com vários tiros, disparados por dois homens desconhecidos, no dia 29 de abril passado, no povoado Bom Jesus, zona rural de São João do Sóter, no Maranhão

Lideranças religiosas e rurais se dizem decepcionadas com a falta de respostas das autoridades sobre o assassinato de Edvaldo Pereira Rocha, o sétimo quilombola assassinado no estado do Maranhão desde o ano de 2020.

Presidente da Associação de Quilombolas do povoado Jacarezinho, Edvaldo foi morto com vários tiros, disparados por dois homens desconhecidos, no dia 29 de abril passado, no povoado Bom Jesus, zona rural de São João do Sóter.

Dia 05 de maio passado foi realizada a missa de sétimo dia em memória de Edvaldo Pereira Rocha, seguida de um ato público com participação da Comissão Pastoral da Terra, de entidades regionais e de comunidades locais. Desde o ano de 2020, esse foi o sétimo assassinato de quilombolas apenas no Maranhão.

Ao todo, em 2021, foram 43 ocorrências de conflitos contra quilombolas no estado, conforme consta na publicação Conflitos no Campo Brasil 2021, divulgada no dia 18 de abril deste ano.

Explicação da Polícia

O titular da Regional de Caxias, delegado Alcides Neto, explicou que os trabalhos estão em curso e não pararam desde o dia do ocorrido. “Colhemos informações sobre o caso e que serão mais aprofundadas após as oitivas das testemunhas. Também solicitamos exames periciais técnicos. O trabalho é intenso para que tenhamos, o quanto antes, a identificação dos envolvidos neste crime”.

Com os interrogatórios, a polícia pretende identificar os envolvidos no caso e outras lideranças da comunidade que tenham recebido ameaças. A polícia analisa, também, estojos e projéteis de arma de fogo coletados no local e já repassados ao Instituto de Criminalística (Icrim).

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) mantém equipes em São João do Sóter para garantir agilidade nas investigações e identificar os suspeitos. Foi reforçado o policiamento na região, para prevenir novos ataques.

Weverton Rocha acredita que com a primeira-dama de São Luís o sucesso eleitoral estaria garantido…

A nova estratégia do senador Weverton Rocha (PDT) de ter como vice-candidata a governadora a primeira-dama de São Luís, Graziela Braide, mira o objetivo de atrair o eleitorado da capital para sua campanha, um considerável nicho de votos que até agora Rocha não alcançou em sua carreira política.

As conversações com o prefeito Eduardo Braide para o fechamento da aliança já estariam bem adiantadas.

Ex-comandante do 2º BPM, coronel Jurandy Braga é candidato a deputado federal…

Ex-comandante do 2º BPM de Caxias, o coronel Jurandy de Souza Braga (PDT) é o mais novo pré-candidato a deputado federal a buscar votos na Princesa do Sertão.

Além do 2°BPM (Caxias), Jurandy Braga também comandou o 15°BPM (Bacabal) e o 17°BPM (Codó).

O pré-candidato integra a coalizão que apoia o projeto do senador Weverton Rocha (PDT) de comandar o governo do Maranhão.

Coronel Ruy Fernandes é homenageado pelo Comando Geral da PMMA…

Em Caxias, Ruy Fernandes alcançou todos os postos do oficialato, desde aspirante até coronel comandante. Deixou também relevantes serviços prestados nas cidades de Coroatá, Codó, Timbiras e Chapadinha

No último dia 30 de abril, o Comando Geral da PMMA homenageou o coronel PM Ruy Fernandes Rodrigues Júnior quando da passagem para o quadro da reserva remunerada da corporação.

Cidadão paraense que adotou o Maranhão como sua terra, desde 1991, firmou sua carreira com brilhantismo na região dos Cocais, onde, na cidade de Caxias, prestou serviço em todos os postos do oficialato, desde aspirante até coronel comandante. Deixou também relevantes serviços prestados nas cidades de Coroatá, Codó, Timbiras e Chapadinha.

Em seu último ano de atividade na Polícia Militar foi designado para comandar o projeto do Governo do Estado na implantação de Colégios Militares em diversas cidades do interior.

Assim, a sociedade maranhense agradece por mais de 30 anos de dedicação deste diferenciado profissional.

Weverton Rocha acende uma vela para Lula e outra para Bolsonaro no Maranhão…

Isso já era esperado desde quando o senador pedetista Weverton Rocha declarou em Caxias (MA) que não mais apoiaria a candidatura do ex-governador Flávio Dino (PSB) para o Senado

Não foi surpresa a declaração do candidato pedetista ao governo do Maranhão, senador Weverton Rocha (PDT), de apoiar a tentativa de reeleição do senador bolsonarista Roberto Rocha (PTB) em 2022. Isso já era esperado desde quando Weverton declarou em Caxias (MA) que não mais apoiaria a candidatura do ex-governador Flávio Dino (PSB) para o Senado.

Muito disso se explica porque a maioria dos que também apoiam a candidatura ao governo de Weverton Rocha também são adeptos do bolsonarismo na Princesa do Sertão, apesar de o candidato pedetista continuar afirmando que é lulista juramentado.

Para se constatar isso é só acompanhar os grupos na internet baseados em Caxias que declaram apoio ao projeto do senador Weverton Rocha de comandar o Palácio dos Leões a partir de 2023.

Logo, não foi por acaso que a entrevista de Weverton na qual selou seu rompimento com Flávio Dino foi entusiasticamente comemorada por bolsonaristas no leste maranhense.