João Dória joga a toalha e desiste da candidatura a presidente da República…

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) disse hoje (23/5) que não será mais candidato à presidência da República por causa da pressão de seu partido para que desistisse de sua campanha. Os tucanos decidiram apoiar a candidatura da senadora Simone Tebet (MDB).

Nota de João Dória

“Hoje, neste 23 de maio, serenamente entendo que não sou a escolha da cúpula do PSDB. Aceito esta realidade com a cabeça erguida. Sou um homem que respeita o bom senso, o diálogo e o equilíbrio. Sempre busquei e seguirei buscando o consenso, mesmo que ele seja contrário à minha vontade pessoal. O PSDB saberá tomar a melhor decisão no seu posicionamento para as eleições deste ano. Me retiro da disputa com o coração ferido, mas com a alma leve, com a sensação de dever cumprido e missão bem realizada – João Doria”.

Vereador caxiense Antônio Ximenes e um ‘peladeiro’ se estranham por causa de cerveja…

Em áudios vazados e viralizados na internet, o vereador caxiense Antônio Ximenes, um decano do Parlamento local, se estranha feio com um jogador de ‘pelada’ de final de semana por causa de cerveja…

Aparentemente, a ‘loura gelada’, que nada teria a ver com as diferenças entre os dois, foi quem acabou pagando o pato.

Ouça os áudios abaixo:

Empresário Elker Sousa é assassinado na porta de casa em Barra do Corda…

O caso pode ter sido latrocínio (roubo que resulta em morte), já que os bandidos levaram peças de ouro da vítima

O empresário Elker Sousa, 41 anos, foi assassinado a tiros na madrugada deste domingo (22/5) na porta da sua residência, no município de Barra do Corda, distante 442 km de São Luís.

A vítima estacionou o carro em frente à garagem quando dois indivíduos se aproximaram em uma moto e o abordaram. Os criminosos tomaram da vítima uma corrente e uma pulseira de ouro e depois a atingiram com três tiros, um na cabeça e dois no corpo.

Elker Sousa morreu no local, enquanto os suspeitos fugiram levando, também, o celular da vítima. De acordo com as primeiras informações, o caso pode ter sido um latrocínio (roubo que resulta em morte), já que os bandidos levaram as peças de ouro do empresário.

A polícia trabalha com imagens das câmeras de segurança de um hotel e estabelecimentos comerciais das proximidades para tentar identificar os autores do crime (Com informações do O Informante/JP).

Fábio Gentil caiu na armadilha do próprio ego e corre o risco de não eleger a filha Amanda Gentil deputada federal…

O prefeito Fábio Gentil entrou numa sinuca de bico ao achar que poderia eleger ao mesmo tempo a filha Amanda Gentil (PP) deputada federal e também reeleger a namorada Daniella (PSB) para o Parlamento maranhense.

“Cabeludo caiu na armadilha do próprio ego”… Talvez consiga reeleger Daniella, sim, mas levar Amanda para Brasília aí seria outra história bem mais complicada.

A análise é de observadores estaduais que acompanham de perto a acirrada disputa pelas vagas da Câmara Federal no Maranhão… Na concepção da maioria, “Fábio Gentil vai quebrar o município de Caxias, como já está fazendo”, porém, só levaria a metade do prêmio (Daniella) pela sua ousadia político-eleitoral no pleito de 2022.

Enfermeira Rita Paz deve assumir a Diretoria Regional de Saúde de Caxias…

A enfermeira Rita Paz é uma das mais cotadas para assumir a Diretoria Regional de Saúde na Princesa do Sertão. Rita Paz comandava (ou ainda comanda) o Samu de Caxias.

Aliada do prefeito Fábio Gentil, a indicação de Rita Paz para o cargo estadual ocorre depois da direção do Hospital Macrorregional de Caxias ter sido entregue a Ermando Filho (primo do prefeito Fábio Gentil) e do ex-prefeito de Aldeias Altas Benedito Tinoco (meio irmão de Fábio Gentil) ser nomeado chefe da Ciretran regional.

Integrantes da família Gentil avançam nos postos de comando do estado no leste maranhense…

Depois da direção do Hospital Macrorregional de Caxias, na qual foi colocado o primo Ermando Filho, agora, o ex-prefeito de Aldeias Altas e meio irmão do prefeito Fábio Gentil Benedito Tinoco passa a ser o chefe da Ciretran regional.

Como a coisa está fácil, o grupo Gentil não cultiva a discrição e dá ampla divulgação à ocupação dos espaços de poder dentro do governo Carlos Brandão.

Repercute denúncia de suposta discriminação social no Supermercado Mateus, em Caxias…

A denúncia foi feita na internet pela professora Georgyanna Morais (vídeo abaixo), da Universidade Estadual do Maranhão (Cesc/Uema).

A professora classifica o que ocorreu no Supermercado Mateus como “aporofobia”, que significa aversão, medo e desprezo aos pobres e desfavorecidos financeiramente.

O caso continua repercutindo em grupos e redes sociais do mundo digital.

Confira a denúncia da professora Georgyanna Morais no vídeo abaixo: