O ex-candidato a prefeito Constantino Castro se manifesta sobre postagem…

O ex-candidato a prefeito de Caxias MA Constantino Castro (Tino Castro) se manifestou sobre a postagem ‘Ex-candidatos a prefeito sumiram da área…”, publicada ontem (23/02) aqui na página… Reveja.

Confira abaixo a manifestação de Tino Castro:

“Caro jornalista Jotônio Vianna,

Tenho que concordar com a parte que fala em desempenho insignificante, isso com relação ao quantitativo de votos, mas, ao mesmo tempo, e sabendo que tudo è uma questão de por onde se enxergam as coisas, tenho que relatar alguns pontos. Eu, falando mesmo em primeira pessoa, não saí derrotado, por diversos motivos, pois cumpri a lei, fui  propositivo, respeitei as pessoas, andei com meus próprios pés, não negociei nada com ninguém, não fui atrás de ninguém que não tenha sido o povo, fiz uma prestação de contas de verdade e não uma palhaçada de contas, não ataquei  a vida de ninguém em troca de visibilidade, não fui candidato do papai, da mamãe, da vovó, do titio, do padrinho, da maninha, nada disso, fui candidato da cidade que nasci, cresci, aprendi a desenvolver um trabalho e ganhar meu sustento com dignidade sem tirar ou colocar em risco nem o futuro e nem a saúde de nenhum dos meus irmãos e irmãs caxienses. O pouco recurso que foi destinado, foi sim fruto de trabalho, não teve um real de recurso público.

Enxerguei muita coisa nessa caminhada, foram dias de muito aprendizado, percorri quase toda a Caxias, “conheci muita gente interessante, até um neto bastardo do meu bisavô”, conheci muitas pessoas de caráter duvidoso e tirei minhas próprias conclusões. Vou citar uma delas: o número atingido pelo atual prefeito condiz com o percentual da população caxiense inserida na pobreza e na extrema pobreza, poderia atirar pedra no povo por aceitar essas práticas políticas em um mundo tão cheio de informação, mas não, me coloco no lugar e procuro entender a fome e a necessidade de cada um… Você deixaria de vender seu voto vendo seu filho chorando de fome e sede???

Eu vi muitas pessoas nessa situação, coisa que não enxergava lá do escritório da empresa.

Você deixaria de vender seu voto pra “comprar umas passagens pra ver a Rodoviaria” de outra cidade “com as luzes de natal” ??????

Talvez não, pelo fato de ser tudo uma mesmice, votar no menos “ruim”, são todos farinha do mesmo saco, então vota no que deu algo momentâneo, que passa ali dois dias, ou que talvez proporcione começar a vida longe de Caxias.

Assim enxergo, finalizei tranquilo as eleições, sem processo, sem escândalo e principalmente, SEM DESISTIR. Você só perde quando você desiste, e Eu nunca vou desistir. Não foi fácil sair de casa, da empresa, da vidinha, e colocar meu nome. Antes, nunca tinha sido candidato a nada, mas dei um excelente oportunidade à minha cidade, cidade que me deu tudo, uma linda esposa e três excelentes filhos, terminei ao lado de Deus e deles, finalizei muito melhor do que quando iniciei, amadureci, hoje acredito que todo homem ou mulher que tenha sonhos pra nossa cidade, que enxergue a máquina pública como um mecanismo de desenvolvimento humano, econômico, social e ……… por aí vai, tenha que fazer o mesmo, tentar retribuir à sua cidade tudo que ela lhe proporcionou em sua vida.

Estou com os filhos  crescidos, o caçula ingressa agora na faculdade, em 2022 as duas mais velhas estarão formadas (maior herança), minha esposa exerce a atividade de pedagoga (professora) com muito orgulho e maestria, aí fica um pouco menos complicado ingressar com os dois pés e as duas mãos na política. No entanto, estamos sim trabalhando em silêncio, muitos são os problemas, praticamente um ano de pandemia, com a economia em baixa, risco Caxias lá em cima, mas mesmo assim vamos procurar empreender na nossa cidade, mesmo assistindo toda essa palhaçada, afinal de contas, cadê a cavalaria???? As câmaras de desinfecção??? A licitação do lixão??? As viaturas???? O dinheiro ???? A estabilidade???? O salário dos contratados ?????? O único dinheiro que circula em nossa cidade???? Cadê o governador???? Os deputados???? E até mesmo o nosso prefeito????????

Cadê ?????????

Saúde????

Como estão as crianças do município??????

Até helicóptero tinha…

Só temos moscas, lixos, desemprego, reclamação…

Mas cadê os ex candidatos, né meu irmão???? 2022 tá bem aí 👊🏾”

5 respostas para “O ex-candidato a prefeito Constantino Castro se manifesta sobre postagem…”

  1. “percorri quase toda a Caxias”… para ser prefeito tem que percorrer Caxias toda, várias vezes, do centro aos grotões, sair do escritório e sentar na calçada com seu Ribamar e D. Maria e sentir a pobreza, fome e a miséria desse povo, as necessidades dos grotões e zona rural além de propor alternativas de governança, geração de emprego, fortalecimento do comércio, segurança pública que está um desastre, melhoria da infraestrutura básica (esgoto, drenagem, tratamento, preservação do Itapecuru, etc), saúde (pífia, haja vista a covid-19 matando a torto e a direita, além do sistema de saúde praticamente defasado, povo morrendo à míngua sem nenhum apoio de maior complexidade) e atrair indústria para essa província. Caxias tem muitas demandas sociais, se continuar nos mesmos discursos, fica difícil se eleger. Mais ação, menos promessas. Boa sorte na próxima campanha.

  2. O Cabeludo tá nem ai pro povo de Caxias, tá pior que antes, esse safado não passa de um mentiroso, cadê o dinheiro que veio pra ajudar a combater a pandemia, esse safado só quer saber de fazer praças e nada mais. Credoooo, fora Mentil.

  3. Tô a fim de acreditar em duendes, Papai Noel e Disco Voador. Então vou acreditar também que, caso ele tivesse sido eleito, ele já teria resolvido tudo isso.
    O diabo é que nem o pai dele acreditou nessa sua “capacidade” administrativa. Não votou nele…

    1. Esse é o discurso mais demagogo que já vi de alguém que entrou na política e não conseguiu êxito por antipatia própria e que pensa que os pobres e paupérrimos, como chama quem é menos favorecido, são bestas. Quem não sabe que tudo que vc herdou e administra hoje foi grana conseguida da antiga SUDENE (Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste), criada no ano de 1959 pelos políticos da grande cúpula federal para enriquecer ilicitamente os empresários que mantinham votos de curral aqui no nosso sofrido Nordeste. Senhor ex candidato, não venha com esse discurso, o povo não é quem vc classifica, o povo mesmo menos desfavorecido tem seu valor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *