Decisão de juiz sobre processo eleitoral de São João do Sóter causa polêmica…

O juiz Sidarta Gautama, da 1ª Vara Cível de Caxias, acolheu pedido de Tutela de Urgência e concedeu liminar ao ex-prefeito de São João do Sóter MA Clodomir Rocha (na ação autodenominado presidente do Partido Verde local), tornando inválidas as resoluções tomadas por Francisca Rosa de Oliveira (também autodenominada presidente do PV sotense).

Imbróglio

No caso, o imbróglio envolve dois autodenominados presidentes da mesma agremiação… A decisão de Sidarta Gautama, portanto, elimina a convenção do PV realizada por Francisca Rosa e reconhece como legal a realizada por Clodomir Rocha.

Rende nos bastidores

O certo é que o juízo de Sidarta Gautama tem rendido muito nos bastidores políticos da região porque para os oponentes de Clodomir Rocha o magistrado não poderia ter interferido numa questão da Justiça Eleitoral e que o quiproquó deveria ter sido apreciado, sim, pelo juiz Ailton Gutemberg Carvalho Lima, da 6ª Zona Eleitoral de Caxias, e não por Sidarta Gautama, da Justiça Comum.

4 respostas para “Decisão de juiz sobre processo eleitoral de São João do Sóter causa polêmica…”

  1. Boa noite, meu caro amigo. Não conheço o juiz Dr. Sidarta como juiz eleitoral, ele é de outra parte, acho muito bem. E vc qem é o juiz eleitoral da comarca de Caxias Maranhão?

    1. Vide postagem, caro Romualdo. No caso, Ailton Gutemberg Carvalho Lima, da 6ª Zona Eleitoral de Caxias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *