Flávio Dino edita normas, mas não vai decretar lockdown no Maranhão…

O governador Flávio Dino afirmou nesta segunda-feira (1/3) que não irá decretar, neste momento, lockdown no Maranhão. A decisão veio após reunião com representantes dos poderes Legislativo, Executivo e com prefeitos da Ilha de São Luís. “Estamos descartando a possibilidade de nesse momento haver um lockdown total. O que faremos é uma edição de normas com restrições de certas atividades, inicialmente pelo período de 10 dias, como restrições de grandes aglomerações”, disse.

Com isso, eventos, mesmo aqueles com até 150 pessoas, não serão mais permitidos. A partir de segunda-feira haverá suspensão de atividades presenciais no serviço público por 10 dias.

Uma possível restrição no funcionamento do comércio só será decidido nesta terça-feira (2/3), após reunião com representantes do setor.

Dino ainda realçou que “faremos, também, uma força tarefa com os municípios, com a participação dos outros poderes, para fiscalizar e punir quem não usar máscaras em vias públicas. Subimos um degrau no nível de restrições, vamos observar por 10 dias e eventualmente adotar ainda mais medidas se essas não forem capazes de conter esse ciclo de expansão que infelizmente estamos acompanhando”… Com informações do Jornal Pequeno.

Deputado Márcio Jerry contesta o ‘absolutismo’ de Flávio Dino…

Agora há pouco, em resposta à postagem anterior (reveja aqui), o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) disse o seguinte:

“Jotônio, na ciência política e na história, bem sabes, absolutismo é bem diferente da prática democrática e inclusiva do governador Flávio Dino. Basta recuperar os fatos políticos mais relevantes desta década. Flávio Dino derrotou nas urnas o patrimonialismo e sua cultura política, republicanizando o Maranhão: construção histórica que ergue pilastras estruturantes especialmente na educação.

Basta fazer uma análise honesta pra concluir: o melhor governador do Maranhão. E em tempos difíceis, de grave e crescente crise econômica e social no país, acentuada com a pandemia!”

Subnotificação de casos e mortes por covid-19 atrapalha o combate à doença no MA…

Acervo Fiocruz

Oficialmente, o intuito teria sido o de fortalecer o combate à covid-19 no interior do Maranhão, mas o que se diz nos bastidores é que a Secretaria de Estado da Saúde (SES) andaria muito preocupada com as chamadas subnotificações de casos e de mortes do novo coronavírus em municípios do Maranhão.

Expressão elegante

Subnotificação é uma expressão elegante, mas desumana, para não dizer de forma clara que gestores municipais, na verdade, escondem os números sobre casos confirmados e mortes por covid-19 em suas regiões. Ou seja, que mascaram a real situação do avanço da doença e das mortes causadas pela mesma.

Reunião

Seria por isso que a SES reuniu os gestores das 18 Regionais de Saúde para reforçar a importância da notificação dos casos de covid-19 nos municípios do interior.

Nota oficial

No entanto, a nota oficial diz apenas o seguinte: “Além de fundamentar as ações de enfrentamento à pandemia, a notificação favorece a transparência na divulgação dos dados relacionados ao avanço da doença no estado”.

Site da Secretaria de Saúde do estado do MA fora do ar… Sem boletim da Covid-19 até agora…

France Press

O site da Secretaria de Saúde do estado do Maranhão está fora do ar…

Sem boletim

…Até agora, caminhando para as 23 horas, não se sabe do boletim do dia sobre a situação da Covid-19 no estado.