Apressados, vereadores já pensam em antecipar a eleição da nova Mesa Diretora da Casa…

Nos bastidores, já estaria em andamento a disputa pelo controle da nova Mesa Diretora do Legislativo de Caxias MA de 2022. A ideia seria antecipar a eleição, de novo, como já se tornou um hábito na Casa.

Embora o Supremo Tribunal Federal (STF) já tenha considerado inconstitucional a reeleição de um mesmo presidente para duas legislaturas subsequentes, o que se diz é que o atual presidente da Casa, Teódulo Aragão, pretenderia continuar no comando da Câmara em 2022. Leia mais sobre o assunto no blog do Ludwig.

Audiência na Câmara para tratar da falta de energia não acontece por falta de energia!…

Ria se puder… Piada: marcada para acontecer na manhã de hoje na Câmara de Caxias MA, a audiência pública para tratar da falta de energia e outros constantes desarranjos na prestação de serviço da Equatorial Energia não aconteceu exatamente por falta de energia!

Mas, sabidamente, os diretores da empresa compareceram à sede do Legislativo caxiense logo após o restabelecimento da energia.

Porém, já inviabilizada, a audiência pública com os edis locais e diretores da Equatorial foi remarcada para outro dia, sem data definida.

Tirando o deles da reta…

Pressionados pela opinião pública, alguns edis governistas puxaram o assunto do lixo espalhado na cidade de Caxias MA na sessão legislativa de segunda-feira passada.

Mas na fala deles todo o lixo que se vê no município ainda seria resultado de má gestão de governos passados.

Ou seja, nenhum dos vereadores palacianos tem a coragem de botar o guizo no verdadeiro gato responsável pela sujeira atual.

Vereadores dispensam até o interstício em requerimento para permitir o uso de paredões de som em Caxias…

Na sessão de quarta-feira passada da Câmara de Caxias foi apresentado requerimento que solicita do Executivo local espaço regulamentado para o uso de paredões de som no município.

A favor da zoeira e da aglomeração nestes tempos de pandemia, em clara afronta à Lei do Silêncio, vereadores governistas agiram rápido para legalizar esse tipo de som na Princesa do Sertão.

A pressa foi tamanha que a edilidade palaciana usou até ‘pedido de dispensa de interstício’ no requerimento, um instrumento legislativo extraordinário que elimina os intervalos mínimos de três e de cinco dias para apreciação de proposições na Casa.

Vereadores caxienses são menos atuantes que os colegas da legislatura passada…

Atuais vereadores caxienses são menos notados pela população do que foram seus colegas da legislatura passada. Devido à abundância de edis governistas e do bate-palmas deles para o Palácio da Cidade, quem ainda aparece na Casa do Povo é o oposicionista Daniel Barros.

Mas é bom a vereança levar em conta que o governismo, principalmente o exacerbado, tem impedido vários ex-vereadores de seguir adiante na vida pública.

Basta voltar um pouco no passado, até a legislatura passada, por exemplo, para se constatar quantos foram abatidos na urna eleitoral.

Na disputa passada, a renovação na Câmara foi uma das maiores da história do município e, apesar disso, os atuais edis não se apercebem do erro que cometem ao não exercer o que lhes determina minimamente a Constituição: que é fiscalizar o governo.

Fábio Gentil desdenha dos opositores…

O vereador oposicionista Daniel Barros já havia entrado no Ministério Público com uma representação contra o prefeito Fábio Gentil pelo fato do mesmo ter nomeado anteriormente a filha Amanda Gentil assessora especial de sua gestão. Por conta disso, o parlamentar acusou o mandatário local de nepotismo… Reveja aqui.

Mas agora Fábio Gentil nomeou a rebenta Amanda Gentil secretária de Governo e Articulação Política. A nomeação da moça está no Diário Oficial do Município do dia 1° de julho.

Ou seja, o prefeito não só faz como continua fazendo e ainda desdenha dos opositores. Pois vale lembrar que ele também nomeou no passado secretário da Fazenda e Finanças o seu irmão Talmir Rosa, este já falecido por complicações da covid-19… E nem por isso sofreu alguma sanção jurídica.

Vereador Daniel Barros representa contra Fábio Gentil no Ministério Público…

O parlamentar acusa o prefeito de nepotismo por nomear a filha Amanda Gentil para o cargo de assessora especial.

O Ministério Público do Estado do Maranhão, através da 1ª Promotoria de Justiça de Caxias (MA), instaurou processo investigativo com base em representação feita pelo vereador oposicionista Daniel Barros, na qual o mesmo informa a existência de nepotismo através da nomeação de Amanda Gentil para o cargo de assessora especial na Prefeitura de Caxias.

Leia mais no blog do Ademar Sousa.

TCE julga contas de Câmaras…

A ex-presidente da Câmara de Caxias Ana Lúcia Soares da Silva Ximenes (Caxias/2016) teve suas contas julgadas regulares com ressalvas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE)… O órgão estadual aplicou-lhe multa de R$1.200,00.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE), em Sessão Plenária virtual realizada na manhã desta quarta-feira, 30, emitiu parecer prévio pela desaprovação na prestação de contas apresentada por: Adailton Ferreira Cavalcante (Fernando Falcão/2014).

Ana Lúcia Soares Da Silva Ximenes (Caxias/2016), com multa de R$1.200,00 e Irisnalva Pinheiro Torquato (Paulo Ramos/2011), com multas no total de R$ 19.780,00, tiveram suas contas julgadas regulares com ressalvas.

Antonio José Martins (Bequimão/2017); Francivaldo Vasconcelos Souza (Cachoeira Grande/2016) e Marcos Robert Silva Costa (Matinha/2014) receberam parecer prévio pela aprovação com ressalvas em suas prestações de contas.

Kleber Alves de Andrade (São Domingos do Maranhão/2011) teve parecer prévio pela aprovação em sua prestação de contas.

Em relação às câmaras municipais, foram julgadas irregulares as prestações de contas apresentadas por: Clayton Tavares Guimarães (Tasso Fragoso/2013), com multa de R4 6.000,00 e Genival Fonseca Pinheiro (Ribamar Fiquene/2012), com débito de R$ 7.130,23 e multas no total de R$ 16.616,52.

Francisco Paulo de Sousa Fialho (Governador Archer/2016) teve sua prestação de contas julgada regular.

Vereador governista posta situação em hospital e desabafa para os colegas de Câmara…

Angustiado com a própria situação, o vereador governista Torneirinho sentiu na pele dele e da família as graves deficiências no Hospital Infantil Dr. João Viana (unidade municipal), em Caxias MA, e postou no grupo de internet de seus colegas de Câmara os problemas que ele e a família enfrentam naquela unidade médica do seu município.

É isso: só sentindo na própria pele para ter a noção exata da realidade e das graves deficiências nas unidades médicas municipais locais!!!

Leia abaixo as mensagens de Torneirinho para os colegas no grupo de internet da Câmara de Caxias:

*Bom dia

*Estou com minha filha internada no hospital infantil desde as 4 da tarde e agora pouco tivemos que mudar ela da observação para a enfermaria.

*Aqui não tem um ar condicionado funcionando

*Um forno

*Os funcionários tudo dormindo no chão por conta da temperatura

*Um absurdo isso aqui

*Aqui tem dez crianças cozinhando nesse forno

*Não vou levar filho meu pra Teresina de maneira alguma.

*Quero meus filhos sendo atendidos junto com os filhos de todo mundo.

*Revoltante uma situação dessa aqui.

Daniel Barros na mira dos colegas?…

Hoje o único vereador de oposição na Casa, Daniel Barros (PDT) desconfia de que a recriação da Comissão de Ética no Legislativo caxiense pelos seus colegas governistas teria o objetivo de pôr um freio nas suas falas em plenário.

Além disso, Daniel Barros também acredita que as recentes injunções palacianas contra sua mulher, a ex-vereadora Thais Coutinho, teriam mira política parecida.