Juíza determina retirada da internet do ‘Jornal da Guanaré’ e ‘A Hora do Povo’…

A Juíza Marcela Lobo, da 4.ª Zona Eleitoral de Caxias, determinou a retirada da internet dos programas ‘Jornal da Guanaré’ e ‘A Hora do Povo’, os quais atacam o pré-candidato a prefeito Adelmo Soares (PCdoB) de forma repetida e incisiva sem, no entanto, dar oportunidade de defesa ao político.

Reclamação PCdoB

A magistrada acatou reclamação do Partido Comunista do Brasil contra o Sistema de Comunicação Guanaré Ltda (pertencente à família do prefeito Fábio Gentil – Republicanos, candidato à reeleição), e a empresa Google Brasil Internet Ltda, onde as matérias estão ancoradas no ambiente virtual.

Informações falsas

Na sua decisão, Marcela Lobo realça: “A verificação do vídeo demonstra que assiste razão ao Representante (PCdoB), estando caracterizada nítida propaganda negativa antecipada. Em primeiro lugar, deve-se anotar que é leviano que uma empresa de comunicação, permissionária de serviço público e com capacidade de alcançar milhares de pessoas, difunda deliberadamente informações falsas”.

Fragor

E é porque a guerra eleitoral ainda nem começou direito na Princesa do Sertão… Agora, imagine, então, no fragor da batalha!

Marcela Lobo nega pedido do Pros para ter acesso à nova pesquisa Escutec…

A juíza Marcela Lobo, da 4ª Zona Eleitoral de Caxias, negou o novo pedido do Partido Republicano da Ordem Social (Pros) para ter acesso antecipado aos dados da nova pesquisa Escutec sobre a eleição de 2020 em Caxias, que deverá ser publicada no dia 27 próximo…

Disponibilização

O Pros requereu, via Ação Cautelar, o pedido para que fosse determinado à Escutec a disponibilização de todo “o sistema de controle interno da pesquisa registrada, sob pena de suspensão da divulgação da pesquisa e responsabilidade a ser apurada em representação por divulgação irregular de pesquisa eleitoral”.

Negativa

Na sua negativa, Marcela Lobo arguiu que não concedia a liminar pela “razão do fato de que o pedido principal (do Pros), qual seja, o acesso ao sistema interno do controle da pesquisa só deverá ser feito após a divulgação da pesquisa, nos termos do §1º, do Art. 34, da Lei das Eleições”… E, aí, sim, “sob pena de, em caso de recusa ou demora no fornecimento dos dados” pela empresa o responsável pela mesma incorrer em crime eleitoral.

Só depois

Ou seja, os dados da nova aferição Escutec o Pros só terá acesso após a pesquisa ser divulgada… Assim, mais uma vez, morreu ‘maria-preá’.

Deram um drible na juíza Marcela Lobo…

A pesquisa Escutec que a juíza Marcela Lobo, da 4ª Zona Eleitoral no município, mandou cancelar, ontem, sobre a disputa em Caxias MA, já estava em andamento no prelo do jornal O Estado do Maranhão a todo vapor no momento em que a magistrada escrevinhava sua sentença.

O dito pelo não dito

E, agora, fica o dito pelo não dito da Justiça… Pois toda a coisa já se espalhou, a fumaça se expandiu e o fogo político-eleitoral vai continuar ardendo independente da manifestação do judiciário eleitoral da Princesa do Sertão.