Despejo de lixo revolta moradores do bairro Teso Duro…

Viralizam na internet as imagens de um caminhão caçamba despejando lixo próximo a casas do bairro Teso Duro, em Caxias MA, e os moradores do lugar irritados com a situação.

A população, que já sofre muito com os efeitos do amontoado de detritos domiciliares despejados diariamente no bairro, fez uma barreira na estrada para impedir o acesso de outros veículos que levavam mais resíduos para o local. A confusão foi grande durante todo o dia de hoje.

Confira no vídeo abaixo:

Representante do GAF escancara situação da empresa em Caxias…

Nos vídeos abaixo, o homem chamado Messias, que se apresenta como representante da empresa GAF (Grupamento Águia de Fogo), composta de bombeiros civis, escancara a situação que estariam vivendo os funcionários da mesma em grupos de Zap e em redes sociais.

Confira nos vídeos abaixo:

MP avança nos procedimentos administrativos…

O Ministério Público do Maranhão abriu Procedimento Administrativo para fiscalizar o contrato celebrado entre o governo de Caxias MA e a Clínica Dr. Flávio Rocha, que visa à prestação de serviços de ultrassonografia de forma complementar ao SUS.

A promotora Ana Cláudia Cruz dos Anjos, titular da 5ª Promotoria de Justiça de Caxias, quer informações detalhadas do governo Fábio Gentil sobre o Contrato nº 002.002.01709.2018 (Processo Administrativo nº 01709/2018) e também requisitou ao secretário municipal de Saúde de Caxias, Carlos Alberto, cópia do contrato vigente celebrado entre o Município e a Clínica Dr. Flávio Rocha.

Fábio Gentil dá total poder ao irmão Talmir, que vira uma espécie de primeiro-ministro no governo…

Publicado segunda-feira passada, o Decreto nº 012, de 4 de janeiro de 2021, assinado pelo prefeito de Caxias MA, Fábio Gentil (Republicanos), delega poderes extraordinários ao irmão e secretário de Finanças, Planejamento e Administração, Talmir Rosa.

Se antes Talmir já era o todo poderoso das finanças municipais, agora, então, após o decreto, o irmão do prefeito detêm nas mãos praticamente toda a ordenação de despesas da máquina pública caxiense.

Incluindo, diga-se, as pastas de Saúde, Educação e, até, Funprev, etc, etc… Ou seja, tudo, absolutamente tudo, onde houver entrada e saída de grana terá de receber a bênção de Talmir Rosa, o agora apelidado de ‘primeiro-ministro’.

Por isso, hoje, nos bastidores, vem sendo cogitada inclusive a nomeação de secretários de fora da família para as pastas de Saúde e Educação… É que, uma vez esvaziados de poder, secretários ali poderiam ser qualquer um.

Empresa suspende Cartão do Servidor para contratados em Caxias…

A Rom Card Administradora de Cartões Eireli, empresa responsável pelo Cartão do Servidor disponibilizado para os servidores municipais de Caxias MA, publicou o aviso acima.

Além de um indigesto sinal, isso traz de volta a velha e repetida sensação de instabilidade empregatícia iminente para os barnabés caxienses não efetivos.

Após calote, governo de Caxias repactua com Escola Coelho Neto…

Depois da grande repercussão do caso do calote do governo de Caxias na Escola Coelho Neto, ou seja, o não pagamento de bolsas estudantis devido à instituição, agora o Executivo caxiense repactua com a mesma.

Matéria

Na época, o caso do calote resultou em matéria da TV Sinal Verde (SBT), que pode ser conferida de novo aqui.

Calotes do governo de Caxias forçam direção de tradicional escola a botar a boca no trombone…

Alvo de seguidos calotes no pagamento de bolsas estudantis por parte do governo de Caxias MA, a direção da Fundação Educacional Coelho não aguentou a asfixia financeira e botou a boca no trombone, denunciando o caso à imprensa, como mostrou hoje matéria da TV Sinal Verde Difusora (SBT).

Uma das mais antigas

Pertencente à tradicional família Thadeu Assunção, cujo fundador e conceituado médico Marcelo Thadeu Assunção, já falecido, também foi prefeito do município, a ‘Escola Coelho Neto’ é uma das instituições educacionais mais antigas da Princesa do Sertão. Nela estudaram várias gerações de caxienses.

Convênio de bolsas

O convênio de bolsas com o município também se estende ao século passado, daí o espanto da comunidade caxiense, pois esta é primeira vez que um prefeito local rompe com esse pacto educacional.

Vídeo

Confira abaixo o vídeo da matéria da repórter Raquel de Sousa, da TV Sinal Verde Difusora (SBT), com imagens de Kleidson Reis:

O calcanhar de ‘Aquiles’ do governo de Caxias MA na pandemia é a hesitação e a excessiva demora para decidir…

Sempre hesitante, o governo de Caxias MA vem se caracterizando pela excessiva demora em decidir as ações de combate e prevenção à covid-19.

Fogueiras e ‘Tranca-rua’

Em postagem anterior, registrou-se aqui o caso das fogueiras de São João e, também, agora, se o prefeito Fábio Gentil (Republicanos) decreta novo ‘Tranca-rua’ ou não no centro da Princesa do Sertão. Reveja aqui e aqui.

Instituto Premier

Por último, o governo contratou um tal de Instituto Premier para saber, só agora, o que o povo do município acha sobre as ações já tomadas e o que o prefeito poderia fazer daqui em diante. Confira abaixo:

Indagações ao povo

“Olá Caxiense!

Somos o Instituto Premier e em parceria com a Prefeitura Municipal de Caxias- Ma gostaríamos de saber sua opinião acerca dessas 3 (três) perguntas rápidas mencionadas abaixo. Posso contar com seu apoio?

Por favor! Peço que Digite com o NÚMERO que corresponde à sua resposta.

A) Qual a melhor ação preventiva a Prefeitura de Caxias tomou contra o Coronavirus?

1. Doação máscaras

2. Carros atomizadores

3. Isolamento social

B) Se você fosse o prefeito, fecharia ou abriria o comércio de Caxias?

1. Fecharia

2. Abriria

Digite com o NÚMERO que corresponde à sua resposta.

C) Na sua opinião comércio aberto influencia no aumento do número de casos?

1. Sim 2. Não”.

Chove dinheiro na horta de Fábio Gentil e as oposições apenas observam…

Como nunca dantes em outra administração, tem chovido dinheiro na horta do prefeito de Caxias MA, Fábio Gentil (Republicanos).

Sem eficácia

E, para completar, as oposições locais ainda não foram eficazes o suficiente para fiscalizar e acompanhar a maneira como a dinheirama é aplicada no município.

Técnica e profissional

Falta fiscalização técnica, pertinente, profissional da parte das oposições. No máximo, seus integrantes ecoam discursos virtuais, lives, mensagens em zaps, etc.