Pacientes pedem socorro, pois não haveria remédios disponíveis na rede municipal de saúde de Caxias…

Nas ruas da cidade, em grupos de Zap e redes sociais da região há inúmeros relatos de familiares de pacientes, ou mesmo de pacientes, que procuram a UPA de Caxias, postos de saúde e/ou o Hospital Geral da cidade e, quando atendidos, são surpreendidos pela afirmação de médicos e enfermeiros de que não há remédios disponíveis nessas unidades hospitalares da Princesa do Sertão.

Por conta disso, dizem os pacientes que eles e seus familiares se veem na obrigatoriedade de, mesmo com dificuldade, comprar os próprios remédios receitados nas farmácias da cidade.

As denúncias dos pacientes e de seus familiares sobre o problema na rede de saúde municipal local, embora reincidentes nas ruas da cidade e na internet, no entanto, não têm encontrado eco nem nas autoridades municipais locais nem na Câmara Municipal, Ministério Público, Defensoria Pública ou Subseção da OAB/Caxias.

Confira abaixo uma das dezenas de denúncias: