Sintrap cobra de Fábio Gentil pagamento de abono salarial…

Na luta pelos direitos dos educadores caxienses, o Sindicato dos Professores e Demais Servidores do Município de Caxias (Sintrap) volta à carga cobrando o pagamento do abono salarial da categoria.

O referido abono, que o prefeito denomina erradamente de “17º Salário”, já era para ter sido pago aos educadores locais no início de janeiro de 2022.

Ouça o áudio abaixo:

Abono salarial: educadores protestam contra a prefeita Josa e prometem fazer greve em São João do Sóter MA…

Em protesto contra a prefeita Josa Silva, na manhã de hoje, educadores de São João do Sóter MA saíram às ruas da cidade para reivindicar o pagamento do abono salarial a que têm direito no município.

Em carta aberta à população, os professores sotenses também ameaçam fazer um amplo movimento paredista na cidade no início do ano letivo, caso a chefe do Executivo não atenda às suas reivindicações.

Vídeo e Carta Aberta

Abaixo, confira o vídeo da manifestação e leia a Carta Aberta dos educadores sotenses:

CARTA ABERTA E CONVOCAÇÃO A TODOS OS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO DE SÃO JOÃO DO SÓTER – MA.

É COM MUITO PESAR QUE O SINDICATO DOS TRABALHADORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE SÃO JOÃO DO SÓTER VEM, ATRAVÉS DESSA CARTA CONVOCAÇÃO, INFORMAR QUE FALECEU HOJE 30/12/ 2021, VÍTIMA DE UM GOVERNO QUE, COMO DIZEM POR AÍ, CORRUPTO E MAU CARÁCTER, A ESPERANÇA DE UMA CLASSE TRABALHADORA MASSACRADA PELA AMBIÇÃO E GANÂNCIA DE UM GOVERNO SUSPEITO DE CORRUPÇÃO DO DINHEIRO PÚBLICO! ESPERANÇA, ASSIM QUE ERA CHAMADA, ESPERANÇA DE UMA CATEGORIA QUE AGUARDAVA ANSIOSA POR UM ABONO, ENQUANTO ASSISTIA SEUS MUNICÍPIOS VIZINHOS, COMO EXEMPLO ALDEIAS ALTAS, CODÓ E TIMBIRAS, QUE PAGARAM ABONOS COM VALORES QUE VARIARAM ENTRE 6 MIL ATÉ APROXIMADAMENTE 15 MIL REAIS. E COM TODO PESAR E AINDA COM A CONFIANÇA QUE TEMOS NA JUSTIÇA DOS CÉUS E UM POUQUINHO DE CONFIANÇA NA JUSTIÇA AQUI DA TERRA, VENHO ATRAVÉS DESTA CARTA EXTERNAR TODA MINHA INDIGNAÇÃO CONTRA ESSE GOVERNO DA PREFEITA JOSA, JUNTAMENTE COM SUA VICE LACERDA. E QUERO AQUI CONVOCAR TODOS OS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO DESTE MUNICÍPIO PARA UM ATO PÚBLICO NO DIA 04/01/2022, A PARTIR DAS 9 HORAS DA MANHÃ, AO LADO DA PREFEITURA, ONDE NA OCASIÃO, TRAJANDO ROUPAS PRETAS E SEGURANDO CARTAZES COM FRASES QUE REPRESENTAM NOSSA INSATISFAÇÃO A ESSE GOVERNO, GRITAREMOS NUMA SÓ VOZ, “A SOBRA É NOSSA”!

AINDA HÁ TEMPO DE LUTAR POR AQUILO QUE NOS PERTENCE E POR ISSO NÃO PODEMOS CALAR NOSSA VOZ OU FICAR DE BRAÇOS CRUZADOS! NOS UNIREMOS POR UM DIREITO QUE É DE TODOS, NÃO VAMOS COBRAR ABONO APENAS PARA OS PROFESSORES, MAS PARA TODOS OS TRABALHADORES QUE NO DIA A DIA DERRAMAM SEU SUOR PELA MELHORIA DA QUALIDADE DE ENSINO DE SÃO JOÃO DO SÓTER. UMA VEZ QUE EM MUITOS MUNICÍPIOS JÁ REALIZARAM PAGAMENTO DE ABONOS PARA TODOS OS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO DE FORMA LIVRE E ESPONTÂNEA, FAREMOS UM GRANDE MOVIMENTO EM PROL DO RATEIO DA SOBRA DO FUNDEB PARA TODOS OS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO! ESTAMOS DE LUTO PELA MORTE DA ESPERANÇA DE RECEBER O ABONO EM 2021, MAS RENOVAREMOS NOSSAS FORÇAS, FAZENDO A ESPERANÇA RENASCER EM NOSSOS CORAÇÕES ATRAVÉS DA LUTA POR NOSSOS DIREITOS. DIREITOS ESSES QUE NÃO DEVEMOS DEIXAR MORRER JAMAIS. PORTANTO, COMPANHEIROS E COMPANHEIRAS, CONVOCO A TODOS A SE FAZEREM PRESENTES NESSE GRANDE ATO MANIFESTO NO DIA 04/01/2022. E CASO A PREFEITA NÃO COMPROVE QUE NÃO HOUVE SOBRA, SEGUIREMOS EM FRENTE COM NOSSA LUTA, E, SE PRECISO, FAREMOS UMA GREVE NO INÍCIO DO ANO LETIVO! VAMOS MOSTRAR PARA A PREFEITA QUE SOMOS FORTES E ESTAMOS DETERMINADOS A RECEBER O QUE É NOSSO POR DIREITO💪🏼💪🏼

CONTO COM O APOIO DE TODOS, MAS TODOS AQUELES QUE ASSIM COMO OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DE NOSSOS MUNICÍPIOS VIZINHOS TIVERAM A ALEGRIA DE HOJE RECEBEREM SEUS ABONOS…

SINDICATO FORTE É COM TRABALHADORES UNIDOS, SÓ ASSIM A VITÓRIA SERÁ CERTA💪🏼💪🏼💪🏼  SINTRAP, SÃO JOÃO DO SÓTER, 30/12/2021

Sintrap diz que há uma sobra de R$ 7.010.854,65 dos recursos da Educação em Caxias…

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caxias MA (Sintrap) diz ter detectado, pelos extratos do dia 04 de janeiro de 2021, uma sobra no valor de R$ 7.010.854,65 nos recursos recebidos para custeio da Educação no ano de 2020 no município.

Diz o Sintrap que ao analisar os extratos das referidas contas teria percebido “gastos geradores de suspeitas de desvios de recurso, como o já denunciado caso do valor exorbitante com combustível feitos sobretudo no segundo semestre de 2020, quando as escolas permaneceram fechadas. Valores esses que deveriam ter sido utilizados para garantir melhorias nas condições de trabalho dos trabalhadores da educação, iniciando pelo cumprimento do Plano de Cargos e Carreiras dos Profissionais do Magistério, com a adequação devida dos salários ao que diz a lei, bem como conceder o pagamento retroativo dos valores referentes ao reajuste não pago no mês de janeiro do ano vencido”.

Prossegue o Sintrap que: “Ademais, tais recursos poderiam ainda ter sido utilizados para o custeio de despesas extras que tiveram que ser feitas por muitos professores para arcar com as despesas de internet, impressão, xerox, luz, computadores, celulares, compra de impressora e outros insumos, os quais foram necessários em virtude da estipulação, sem planejamento ou estrutura, de aulas remotas por conta da pandemia, deixando o governo liberado de expressivos custos fixos com a educação”.

Abono salarial

E frisa a instituição sindical que: “Não nos custa relembrar que a Lei nº 11.494/07 (ainda em vigor no que diz respeito aos recursos do ano de 2020) estipula taxativamente que no mínimo 60% dos valores do Fundeb devem ser investidos na remuneração dos profissionais do magistério em exercício na educação básica”.

Ou seja, o direito ao abono correspondente, em espécie, a 60% dessa verba que estaria entocada nos cofres do governo caxiense.