Bastava chamar uns ‘cabras’…

papai noel

Bicho, o governador maranhense Flávio Dino (PCdoB) não tem noção de onde ele se meteu… Achou que bastava chamar uns cabras do interior do estado, de Caxias, a Princesa do Sertão, e determinar que se fizesse assim e assado… Mas a ‘cabroeira’ caxiense, toda passada na casca do alho, é que deu um nó no governador na hora do pega ‘pra capar’…

O resultado é que agora Dino tá com um galo na cabeça sem saber como se livrar do abacaxi que envolve o prefeito de Caxias do Maranhão, Fábio Gentil (PRB), e os grupos políticos mais tradicionais da região tupiniquim: Coutinho & Marinho…

O atual grupo mandachuva local, o clã Gentil, não tem um pedigree de ‘brastemp’, mas ainda assim achou que poderia nocautear com um copo d’água os rivais…

A trilha

nova trilha...

Mas melou… A história agora poderá seguir a seguinte trilha: Juntam-se o deputado Adelmo Soares (PCdoB), o presidente da Câmara local, vereador Catulé, e o filho secretário estadual de Turismo, Catulé Júnior. Todos com os Coutinho… E, ainda por cima, a família Marinho… A ideia seria isolar Cabeludo!!!… Lascou???!!!

Uma resposta para “Bastava chamar uns ‘cabras’…”

  1. A política tem dessas coisas. A finalidade, perseguida a ferro e fogo, é o poder. Conquista-lo é a meta de quem sem ele não sabe viver. O prestígio e as boneces daquele, são doces e acalenta, com profundidade cirúrgica, a carência e a vaidade de quem o detém, ainda que temporariamente. “Parece cocaína”, mas é só carência e vaidade mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *