Ação do MPF e MP/MA para regularizar abastecimento de medicamentos e insumos hospitalares na rede pública não surte efeito em Caxias

Há quase 10 dias, o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público Estadual (MP/MA) entraram com ação civil pública contra o Município de Caxias (MA) por falta de fiscalização no fornecimento de medicamentos e insumos hospitalares essenciais na rede pública municipal

De acordo com a ação, os ministérios públicos pediram à Justiça Federal que determinasse ao Município de Caxias que no prazo de cinco dias estabelecesse o contínuo e ininterrupto fornecimento de medicamentos e insumos hospitalares no Complexo Hospitalar Municipal Gentil Filho, Maternidade Carmosina Coutinho, Hospital Infantil Municipal João Viana, Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) III e a Policlínica de Atendimento Médico (PAM)., sob multa diária de R$ 50 mil em caso de descumprimento.

Junto a isso, foi solicitada a condenação do Município em decorrência da obrigação em regularizar e manter o fornecimento e abastecimento de todos os medicamentos e insumos necessários à população.

Mas, a julgar pelas reclamações diárias de pacientes que são atendidos nessas unidades médicas, nada mudou até agora. Os pacientes continuam afirmando que não há remédios nem insumos nos hospitais.

Reveja aqui matéria sobre o caso.

22 respostas para “Ação do MPF e MP/MA para regularizar abastecimento de medicamentos e insumos hospitalares na rede pública não surte efeito em Caxias”

    1. Chiquinho não é caco de vidro pra viver em cima de muro. A diversão do Chiquinho é ri e debochar dos comentários otarianos que os “boca de chuveiro” se deitam a falar/escrever nestas páginas. Pelo visto, parece que há uma competição, pra saber quem é o maior “colaborador” do SAAE na região.
      PS Esse tal de Kardec, de tanta besteira que escreve, parece que incorpora o espírito do finado Joe Lester, ator que fazia o “Pedro Bó” no programa Chico Anysio.
      = = = = =

        1. E tome águas servidas…Olha, tem uma vaga de “fiscal das mariposas” na Câmara Municipal de Caxias. O serviço é ser auxiliar do “fiscal do povo”. A remuneração eh boa, mas eu, só de mau, não vou te indicar, viu, ^^^^?

  1. Tem comentarista aqui que deu uma cobrança de leve esses dias, atrasou e já engrossa a voz… só não sei se foi pago com o das merenda, do que faltou nos hospitais e tá manchado de sangue ou às custas da obra do shopping.

    1. ….disse. Como “disse”, não “disse” nada. Tá doido pra tomar o lugar do “Boca de Chuveiro”.
      Falar e escrever H2O é uma arte.

  2. E as notas fiscais da obra do shopping popular que agora tá a todo vapor, que agora a quarta empresa tá pagando certinho pq tá recebendo em dias, mas com uma condição, devolver 80k pro narizinho… e assim tá indo e ngm fiscaliza… nem pedreiro quer ir mais, tudo com dinheiro pra receber do que já fizeram, mas vamos entregar a obra não em um mês como o chefe quer, mas até dois ou três meses inaugura.

  3. Tó vendo que terei que esperar mais um cadinho, pois até agora nada! Vezes nada, nada e pessoas sofrendo e morrendo por falta e negligência desse monte de gente que se diz nos representar, todo mundo calado, pianinho! Triste Caxias, tempos bons que não voltam mais.

  4. Não surtiu e nem vai surtir!
    O prefeito faz o que quer com o povo, inclusive com o “povo” do MP!

  5. Compulsando os autos, verifico que o MM Juízo Federal em Caxias não concedeu a tutela antecipada “inaudita altera pars” como pretendia o MPF, tendo o Juízo reservando, primeiro, a submeter o feito à Manifestação do Município, dando prazo de 10 (dez) dias após a citação para se manifestar. Até o momento o Município não foi citado.
    O Alcaide-Bacurau, também conhecido entre seus correligionários como Zé Lorota ou Bazué, tá só na moita, esperando a ordem para comprar milhões e milhões de reais em medicamento, ….. tã tã tã tã …. tã tã tã tã …. SEM LICITAÇÃO!!

  6. Ainda dizem que vão comprar com dispensa de licitação, qual a empresa que tem coragem de vender, sabemos que o débito com fornecedores é impagável! Lá na frente vai sofrer as consequências do desmando e irresponsabilidade com a coisa pública. Vai para o cadafalso!

    1. Ô atrasado! Deixa de ser lento. Presta atenção, da farinha!!
      SEM LICITAÇÃO, o Alcaide-Baliseu só vai comprar nas mãos e nos bolsos dos amigos e sócios-ocultos! Se o Prefeito for assim, tipo Lula, vai pagar na bucha, pra receber o cabo-racha dele!

  7. Pelo visto, a Justiça Federal ainda não decidiu sobre o feito. Se decidir por obrigar o Bacurau a, em cinco dias, abastecer toda a rede hospitalar com medicamentos ora em falta, a corriola do Fábio Lorota vai fazer a festa, pois, SEM LICITACAO, Bacurau e patota vão fazer a “farra do Boi”.
    Entenderam, comentaristas do nada!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *