42% das mortes por covid-19 em Caxias ocorreram só no mês de julho…

Pode-se ter uma ideia e mensurar como as indecisões do governo municipal, as hesitações, o faz-de-conta que fecha, e o reabre geral em Caxias resultaram no agravamento dos casos de infecção e de mortes por covid-19 no município através de uma conta simples que inclua em média pouco mais de quatro meses de pandemia.

Mês de julho

Observe-se que só no mês de julho, pico da pandemia, foram 38 óbitos em Caxias, do total de 90 mortes. Deduzindo-se, então, do total de 90 os 38 óbitos de julho sobram 52 que teriam ocorrido entre os meses de abril, maio e junho, os três meses do período aproximado da chegada do novo coronavírus no município.

42% das mortes

Ou seja, só no mês de julho ocorreram 42% do total de todas as mortes por covid-19 em quatro meses na Princesa do Sertão… Fora as mais duas mortes de hoje.

4 respostas para “42% das mortes por covid-19 em Caxias ocorreram só no mês de julho…”

  1. 1) É lamentável a extensão do número de óbitos.

    Agora, Será se o ilustre escriba deste Portal fez a mesma análise para o Estado do Maranhão? Se fez, não o disse. No Estado, sob as barbas do Baloffo, a coisa andou pior, muito pior.

    A aqueles menos informados, eu digo. a) dia 30 de junho de 2020, no Maranhão 1.280 óbitos; b) dia 31 de julho de 2020, no Maranhão 3052 óbitos. c) Número de óbitos em julho de 2020, no Maranhão: 1772.

    Ou seja: Só em julho ocorreram 58% dos óbitos de Covid no Maranhão. Caxias ficou 16% ABAIXO da média do Estado.

    Será se o jornalista se espantou? Parece que não, pois se se espantasse haveria de “falar mal” de Flávio Dino.

  2. No final quem vai ser responsabilizado por essa tragédia anunciada? um verdadeiro genocídio, tanto a oposição como o governo não foram efetivos na condução dessa pandemia em Caxias. Resultado: uma tragédia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *